10 perguntas e respostas sobre o Recadastramento do BPC de Idosos e Pessoas com Deficiência

São tantas perguntas por dia sobre o famigerado Recadastramento do INSS , vamos para o Top 10:

1- O cadastro no CADUNICO é obrigatório para quem recebe BPC-LOAS(benefício assistencial sem 13º no final do ano)?

R– SIM, todos tem se cadastrar ou quem já está no CADUNICO tem de manter atualizado de 2 em 2 anos.

 

2- Meu benefício foi concedido em 2017, mesmo assim preciso fazer o recadastramento?

R- Não importa se o benefício é de 2017 ou de 1997, todos os beneficiários, idosos e pessoas com deficiência precisam constar no CADUNICO para a manutenção do seu benefício.

 

3- Qual o prazo para eu fazer o Recadastramento?

R- o MDS havia estipulado até 31/12/2017 para idosos e 31/12/2018 para pessoas com deficiência, mas diante do fato que quase 30% dos beneficiários idosos não haviam se recadastrado, o que poderia gerar um certo caos, foi pedida prorrogação para  31/12/2018, mas ainda não tem nada de forma oficial no site do MDS. Atenção Idosos-31/12/2017, procure um CRAS mais perto de você. Atenção pessoas com deficiência- 31/12/2018 mas o melhor é se adiantar no início do ano e evitar filas como vemos hoje.

 

4- Se eu não me recadastrar o que acontece?

R- O benefício será suspenso em 01/01/2018(idosos) 01/01/2019(deficientes), teoricamente, se não houver outras mudanças e prorrogações. Você terá 60 dias para regularizar a situação. Ir na Secretaria de Assistência Social de sua cidade, fazer seu cadastro. Terá ir na agência do INSS mais próxima e requerer a reativação e liberação dos valores que estarão bloqueados. Isso mesmo, você irá no banco e o dinheiro será bloqueado, até você regularizar.  Se isso não for feito o benefício é cancelado, cessado e somente com recurso administrativo ou judicial para reativação, a depender do caso específico.

 

5- Meu avô é aposentado, precisa se cadastrar no CADUNICO ?

R- NÃO. Os aposentados(as), recebem benefício contributivo da previdência e esse recadastramento visa regularizar a situações dos benefícios assistenciais.

Então se seu avô recebe  o 13º no final do ano, se é aposentado por idade(código 41 ), por invalidez(código 91 ou 92), por tempo de contribuição(código 42 ), aposentadoria especial(código 46), aposentadoria do professor(código 57), NÃO, NÃO, NÃO, não precisa estar no CADUNICO , exceto pelo caso dele querer pleitear o Bolsa Família, ou outros benefícios sociais, como Minha Casa Minha Vida, desconto na tarifa de luz, etc. Para continuar recebendo o benefício do INSS estes aposentados acima precisam apenas fazer a prova de vida 1 vez ao ano.

Pensionistas também NÃO precisam fazer cadastro no CADUNICO.

 

6- Por que o INSS está fazendo isso com os Idosos e com as Pessoas com Deficiência?

R- A administração pública precisa ser eficiente, estes benefícios são assistenciais, para famílias que não conseguem manter idosos, famílias carentes. A lei permite que o INSS faça revisão de seus atos e verifique se as condições que fizeram a agência deferir o benefício são as mesmas para sua manutenção atualmente. Então, já tem tempo que o INSS cruza os dados com a própria previdência, com o Detran, Incra, Ministério do Trabalho, para verificar se aquela família mudou de condição econômica. Veja o exemplo, uma criança com deficiência pode receber o benefício BPC, mas 5 anos depois sua mãe ganha uma pensão na justiça devido a morte de seu pai, um processo antigo, então a renda desta família mudou, a depender do valor desta pensão fictícia ela pode não mais se enquadrar como baixa renda e por isso o INSS deve suspender o benefício. Politicamente sabemos que o Governo temer está fazendo cortes e mais cortes em benefícios, com pretexto de enxugar as despesas, sendo que os benefícios assistenciais são medidas muito importantes na distribuição de renda e garantia de dignidade.

7- O INSS vai cortar meu benefício e eu não posso fazer nada?

R-Não,  INSS suspende e você tem direito de pedir reativação. O INSS envia carta e aviso de irregularidade, caso encontra alguma; O INSS envia Notificação de Irregularidade, Ofício, permite o Direito de Defesa e não se esqueça que no Brasil rege o princípio da inafastabilidade do judiciário, que para qualquer situação que o cidadão se sinta injustiçado a Justiça Federal está aberta para receber tais demandas.

 

8- Essa pergunta aparece demais: Meu pai morava sozinho, hoje está na casa de uma irmã, com um sobrinho, uma enteada??, ou,  meu pai  separou, casou novamente, ficou viúvo????. Minha irmã está estagiando???, meu irmão não me diz o  quanto ganha, tudo isso se acontecer esta pessoa pode PERDER O BENEFÍCIO?

R- São situações e situações. No Cadunico deve ser declarado o grupo Familiar que vive naquela residência. Se a renda da família mudou, pode haver bloqueio e suspensão. Mas cada caso tem de ser analisado individualmente. Como advogada, tenho este Blog apenas na questão informativa, como colaboradora para divulgar o Bom Direito. Segundo as Normas Éticas da OAB não posso, nem devo fazer consultoria de forma pública expondo as pessoas,  nem de forma gratuita, ok?

9-Posso fazer uma pergunta rapidinho, você me ajuda, Dra. Jurema??

R- Nenhum advogado ajuda rapidinho. Advogados e advogadas trabalham com seu conhecimento e cobram honorários- É O NOSSO TRABALHO. Este site é pessoal e gosto de falar de Humanidades, Direitos e Viagens: grandes paixões. Então se você tem um dúvida séria, sobre uma situação real, se precisa de análise de documentos procure um profissional em sua cidade. Hoje em dia, além da advocacia privada tem os defensores públicos, os escritórios de advocacia das Universidades e  o próprio INSS.

10-Se eu receber a Carta de Irregularidades do INSS como faço a Defesa?

R- Na própria carta tem todas as orientações. Deve ser impresso no site do INSS, um novo Requerimento de Benefício, uma nova declaração de Grupo familiar. Você deve escrever suas razões e juntar documentos que comprove o que você diz. O prazo é de 10 dias para apresentar tudo isso na Agência do INSS. Na dúvida, lembre-se do que falei acima, procure um profissional do direito, nada de atravessadores.

Gostou destas informações?? Compartilhe em suas redes sociais, assim o Bom Direito poderá chegar nos rincões deste país e colaborar para desmistificar o Direito Previdenciário.

Leia também: Quem tem direito à Aposentadoria por idade?

                           Quem tem direito ao Amparo Social ao Idoso?

                           Posso perder meu benefício do INSS?

                           Planejamento de Aposentadoria e Reforma da Previdência

147 comentários em “10 perguntas e respostas sobre o Recadastramento do BPC de Idosos e Pessoas com Deficiência”

  1. Boa tarde.
    Dra. Jurema Cintra.

    Por favor esclarece uma dúvida?

    Minha mãe cadastrou no Cadunico em 2012. Esse amo meu pai faleceu. Ele não deixou nenhum bem, herança.

    Agora é somente a renda da minha mãe (Amparo social).. Eu sou pcd e estou desempregada. Moramos em casa alugada.

    Seria aconselhavel minha mãe atualizar os dados no CadUnico?

    Grata!
    Rosana

    Gra

  2. Fiz minha prova de vida e a beometria, no mês 09 ( setembro 2017) que é o meu mês de fazer , eu tenho que fazer o ano de 2018 no mesmo mês.

  3. Sou autistA e recebo o loas,sou jovem aprendiz com contrato a vencer em março…minha mae esta desempregada, meu irmao trabalha e ganha 960 reais..chegou uma carta do inss, ha 4 dias atraz pra eu recorrer…hoje o dinheiro do bpc nao estava na minha conta

    1. Prezada Viviane, a lei 8742/1993 é clara sobre esta questão. A pessoa com deficiência pode ter um vínculo como menor aprendiz por até 2 anos. Depois disso o benefício é suspenso. Então o importante é ir na sua agência do INSS e saber o motivo da suspensão. Não esqueça do cadastro no CADUNICO que é obrigatório.

  4. Olá Jurema, se for possível, me tire uma dúvida: quem recebe BPC e é deficiente pode morar sozinho? Posso declarar isso no cadastro do CRAS? Muito obrigado.

    1. Prezado Bruno, SIM, no próprio formulário do INSS já tem a opção – VIVE SOZINHO. Uma pessoa também é uma família no conceito da Lei, mesmo que você tenha irmão, primos, se essas pessoas não vivem juntas não entra no cálculo da renda.
      Pode sim, declarar no Cadunico também que – VIVE SOZINHO. Isto é algo muito comum, afinal as pessoas com deficiência tem sua independência pessoal, mesmo que não estejam aptas ao trabalho.

  5. Bom dia Jurema,

    Meu irmao é beneficario Loas por incapacidade. Minha mae é pensionista (meu pai faleceu tem 2 anos). Ambos nao ganham juntos nem 2,1 salarios mínimos.

    Eu nao moro com eles, mas moro em uma cidade proxima. Sou bolsista pós doc.

    Tenho duas duvidas:

    1: o que configura a situacao familiar par afins de calculo de renda per capta? Eu entro no calculo mesmo morando em outra residencia ? E se entro no calculo por ser filha/irmã dos beneficiados, ainda assim entro no calculo sendo bolsista ? Ate onde sei bolsa nao configura renda. Mas fica a dúvida…

    2: é verdade que meu irmao nao tem direito ao loas vivendo com minha mae que é pensionista ? (dizem que mais de dois membors na mesma familia nao podem receber beneficios do governo). No meu entendimento, como direito assisitido ao cidadao, nao tem nada ver uma coisa com a outra. A menos que minha mae recebece uma pensao que fosse suficiente para sustento da vida dos dois. O que nao é pq ela nao ganha nem 1,5 salario minimo (e nao possuem nem casa propria que pudesse desafogar gastos mensais).

    Obrigada pela atençao.

    1. Prezada Jeannie, obrigada por acompanhar o site.
      Como se trata de um caso real, por questões éticas não posso afirmar, ainda mais sem verificar documentação.
      Como a renda de sua família mudou. Veja, se a pessoa não vive na residência, ela não entra no cálculo familiar. Mesmo que você more sozinha, já é outra família.
      Todos os requisitos estão na Lei 8741/1993- LOAS, artigo 20. Eu explico em outros artigos do site.
      Para melhor esclarecer sua situação seria muito recomendado, mesmo, que procurasse uma(um) advogada(o) público ou privado na cidade que sua mãe e irmão vivem, por que é necessária uma avaliação técnica de documentação.
      O que o Governo pretende com o Recadastramento é verificar se as condições de quando concedeu o benefício, seriam as mesmas condições econômicas agora.
      Espero ter ajudado de alguma forma.

  6. Dra moro eu e meus 2filhos adolescentes e a menor 3 anos recebe o bpc meus adolescentes estão procurando o primeiro emprego e eu trabalhei 1 unico mes cubrindo ferias de uma amiga no trabalho dela isso pode acaretar no concelmento do benificio o fato de meus adolescentes arrumar estagio remunerado e eu trabalhar 1 mes com carteira assinada
    Obrigada pela atenção

    1. Prezada Ana Paula, em tese 1 estágio remunerado não entra como renda segundo a Lei 8742/1993 a Lei Orgânica da Assistência Social. Contudo como se tratam de muitos elementos, alteração de renda de todos os membros da família, o INSS irá cruzar estes dados. O ideal é que você procure um profissional do Direito em sua cidade, um(a) defensor(a) público(a) ou advogada(o) de sua confiança. Lembre-se que de 2 em 2 anos haverá necessidade de atualizar o CADUNICO. Espero ter ajudado. Peço um favor, se gostou do artigo e foi útil, compartilhe em suas redes sociais!!!

  7. Bom dia minha mae tem 76 anos e tem o BPC, em Agosto/2017 foi diagnosticada com Cancer, ela pode transferir o BPC para Aposentadoria? como funciona?

    1. Bom dia Emanuel, obrigada por acompanhar o site. Não existe transferir o benefício, mas requerer um Novo. Neste artigo eu explico quem tem direito ao benefício da Aposentadoria Por idade: http://www.juremacintra.com/aposentadoria-por-idade-quem-tem-direito-como-e/. Se ela se enquadrar nos requisitos, basta ligar para 135 e agendar. Se o benefício for deferido, ela começará a receber o 13º. peço um favor, se gostou do artigo e foi útil, compartilhe em suas redes sociais!!!

  8. A minha dúvida é o seguinte a minha sogra recebia o Loas, até que ela foi no bolsa família para pedir o desbloqueio, pois tinha sido bloqueado, ela não sabia o real motivo, até que no mês seguinte o Loas não entrou na conta dela, qual pode ter sido o motivo, pois parece que foi cancelado, já vai pra mais de 1 ano e até agora nada, não está recebendo está aguardando a liberação, acho que vai ser feito um novo, será que quando voltar ela receberá os atrasados?

    1. Prezada Jaqueline, obrigada por seguir o site. Ótima pergunta, a questão é que somente o INSS poderá informar a ela o motivo do cancelamento. ela pode agendar no site 135 o pedido de obtenção de cópias do Benefício e identificar o motivo. Importante consultar um advogado(a) em sua região, sempre existe a Justiça Federal para corrigir possíveis erros de órgãos públicos. Nada impede claro dela entrar com novo pedido, que seguirá aquela mesma burocracia. Espero ter ajudado e peço um favor: compartilhe em suas redes sociais este artigo e ajude mais pessoas a entender o Direito Previdenciário.

  9. Bom diaa !
    Tenho uma dúvida. Será que pode me esclarecer ?
    Eu tenho dois filhos autistas. Moramos só nós três aqui em casa. Recebo o loas do mais velho de 7 anos. E será que consigo receber do mais novo, de 5 anos ,tbm ??

    1. Prezada Tatiane, tudo depende da renda familiar, como o BPC não entra na renda, é possível que você tenha ganho de causa na justiça, pois existe jurisprudências favoráveis. Mas será necessária uma avaliação específica da sua família. Por exemplo a lei já permite que dois idosos recebam LOAS na mesma casa, marido e mulher. Então aconselho que sim, dê entrada no requerimento administrativo diante da vulnerabilidade econômica de sua família e da gravidade da enfermidade de seus filhos. Uma vez negado o benefício, procure orientação jurídica em sua cidade ou vá direto à Justiça Federal. Toda vez que o cidadão se sente injustiçado, a última porta que pode bater é a da Justiça. Espero ter ajudado, é um tema muito sensível, tenho parente autista e imagino a enorme despesas e dificuldades que enfrentam. A lei protege a pessoa com deficiência e com o BPC garante-se o mínimo de dignidade para a família. Abraços e espero ter ajudado, peço um favor, se gostou do artigo compartilhe em suas redes sociais e ajude mais e mais pessoas a esclarecer o Direito Previdenciário.

  10. Meu filho recebe bpc não temos carro .mas esse ano meu esposo tem carteira e tem que ser renovada essa carteira tem antes do meu filho nascer 2003 meu filho nasceu 2008.posso perder o bpc se renovar a cnh .nao tmos carro mas ele tem que renovar

    1. Liliane, obrigada por acompanhar o site. Ter carteira de motorista não muda nada, o que o INSS investiga é a renda da família, quanto ganha cada pessoa, ok. Fique tranquila. Peço um favor, se você gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas. Abraços

  11. Obrigada pela resposta .outra duvida duas pessoas na mesma casa pode ter o bpc sendo a renda da casa o primeiro bpc.ouvi dizer que em minas gerais nao e contado como renda o primeiro igual no caso pra idoso.

    1. Já está na lei, 2 idosos podem receber BPC mesmo morando juntos. Outras situações parecidas, como 2 deficientes tem obtido ganhos de causa na Justiça. Em regra 1 salário mínimo não entra no cálculo da renda. Espero ter ajudado e muito obrigada por acompanhar o site, peço um favor se gostou do artigo e foi útil compartilhe em suas redes sociais e vamos difundir o Direito Previdenciário. Abraços

  12. Tenho outra duvida muitos estao falando que os peritos vai vasculhar as redes sociais isso procede.como eles tem acesso se nao sabem se a pessoa tem Facebook

    1. Sim, é verdade. Se o perfil for público qualquer pessoa poderá olhar, inclusive o perito do INSS e eles estão sendo treinados. Além do mais, pessoas que estão doentes, postando fatos e situações incompatíveis com a doença gera uma dúvida razoável. Isto tem gerado até mesmo ações na Justiça Federal, na Justiça do Trabalho, nas Varas de Família. São provas da vida social e que podem ser levadas em consideração. Veja, um homem que diz não poder pagar pensão, que estaria desempregado, posta fotos em viagens internacionais, restaurantes caros, esses sinais são suficientes para um Juiz avaliar o valor da pensão, são mesmo considerados provas cabais. No INSS é a mesma coisa, fotos do facebook já serviram de prova em ação judicial para demonstrar que uma segurada não estava com depressão. Tudo que é público gera feitos não é verdade? Inclusive na vida pessoal e laborativa da pessoa. Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo compartilhe em suas redes sociais e vamos colaborar com a difusão do conhecimento. Abraços.

    1. Aline, obrigada por acompanhar o Blog. Não posso afirmar sobre seu caso, para isto precisaria ver documentos. Mas no geral o INSS só está cancelando benefícios em que encontra irregularidade. Eu explico tudo neste outro artigo http://www.juremacintra.com/posso-perder-meu-beneficio-a-principal-pergunta-dos-leitores/ Lembre-se o corte não é automático, a pessoa recebe uma carta em que lhe é dado 10 dias para apresentar defesa. Peço um favor, se gostou do artigo compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem o Direito Previdenciário. Abraços

  13. Oi jurema…tenho 4 filhos menores e um é autista e recebe o loas e o bolsa familia…queria saber se fazerndo o cadunico corro o risco de perder o bolsa familia.

    1. Prezada Fabiana, obrigada por seguir o site.
      LOAS é pago pelo INSS, Bolsa Família tem outras regras. Para se informar se você está dentro do critério de vulnerabilidade e se tem cota disponível em seu município somente indo na Secretaria Social de sua Cidade.
      Mas não é automático o cancelamento do Bolsa Família.
      Espero ter ajudado, e se gostou do artigo, peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário.
      Abraços

  14. Bom dia Dr. Jurema Cintra,

    A minha Mãe recebia o BPC, ocorre que o companheiro dela acabou se encostando e recebendo o auxílio doença, “o mesmo não o recebe mais”. O INSS suspendeu o benefício da minha mãe, estando os recursos na esfera administrativa em Brasília.
    Ela pode requerer um novo benefício estando este em processo administrativo? O que sabemos que demora e ela está passando por dificuldades financeiras. E também não está vivendo mais com o companheiro?
    Agradeço!!!

    1. Paulo, obrigada pela pergunta, muito interessante. Sim, o segurado pode ingressar com Novo pedido de benefício quando quiser.
      Se ela não convive mais com o ex-esposo deve inclusive alterar o CADUNICO e adequar os membros da família com a nova realidade.
      Lembre-se também de consultar um advogado público ou privado em sua cidade pois assim, ele poderá analisar documentos e te orientar até sobre possibilidade ou não de ação judicial.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo compartilhe em suas redes sociais e ajude mais pessoas a entenderem o direito previdenciário.

  15. Oi Jurema bom dia….
    Min tira uma dúvida tenho um filho quem tem PC, é ele recebe o bpc e tenho mas 4 filhos pago aluguel caro fora água energia e gas e despesas, não tenho companheiro e nenhuma ajuda do pai das crianças posso trabalhar de carteira assinada?
    E o cadastro único será se ñ corro risco de perder meu bolsa família?
    Obrigada! !!!!

    1. Prezada Jailma, o Bolsa Família tem outros critérios. É preciso se informar na Secretaria de Assistência Social de sua cidade. Não tenho como saber se tem alguma família da fila, com mais vulnerabilidade que a sua.
      Mas lembre-se atualizar o CADUNICO de 2 em 2 anos é obrigatório, desde 2017.
      Que bom que gostou de site e espero ter ajudado de alguma forma, peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.
      Abraços.

  16. Jurema boa tarde!

    Recebo o BPC, moro com meus pais. Porém vou me mudar de cidade e morar sozinha. Vou fazer o cadastro único ainda, no caso eu preciso ir ao INSS também pra nformar o meu novo endereço? Ou só informo lá no CRAS na hora do cadastro?

    1. Ana Cristina que pergunta legal. Sim, deverá informar novo endereço no CRAS por que é uma exigência ao fazer o CADUNICO, tanto quanto deve ir no INSS e atualizar, pois a previdência se comunica com os beneficiários através de cartas, você precisa deixar o endereço sempre atualizado junto ao INSS.
      Que bom que gostou de site e espero ter ajudado de alguma forma, peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.
      Abraços.

  17. Preciso de uma orientação recebo loas na minha casa são tres pessoas meu marido sofreu um acidente e são muitos gastos ele recebeu laudo r ir no inss a miinha duvída é sera que agente consegue outro beneficio sem prejudicar o meu?

  18. Preciso de uma orientação nainha casa são tres pessoas eu recebo loas meu marido sofreu um acidente e são muitos gastos e meu marido recebeu um laudo pr ir no inss minha duvída é sera que conseguimos outro benficio sem prejudica o meu

    1. Prezada Sueli, a lei 8742/1993 fala de 2 LOAS de idosos na mesma casa, não fala de 2 LOAS de deficientes. Contudo, se sua família é realmente carente e humilde, você deve requerer e se for negado, procure um advogado público ou privado em sua cidade, ou vá na Justiça Federal mais próxima, os tribunais tem entendido de forma diferente que o INSS e a depender da necessidade econômica de cada família o Juíz Federal pode conceder o benefício judicialmente.
      O seu benefício não muda nada, apenas o seu marido que corre o risco de ter negado, mas em relação ao seu nada muda, apenas se mudar a renda de sua família, com uma pensão, um emprego, algo assim. LOAS como é assistencial não entra no cálculo da renda familiar.
      Peço um favor, se gostou do artigo, ajude outras pessoas e compartilhe em suas redes sociais.

  19. Boa noite eu recebo o BPC e hoje estou fazendo faculdade ,entretanto consegui um auxílio da faculdade de 400,00 reais (auxílio para despesas do deficiente na universidade),minha dúvida é a seguinte,pele fato de ter conseguido o auxílio meu BPC pode ser cancelado?é outra coisa estou morando temporariamente por conta da faculdade em outra cidade e o endereço meu do INSS é da minha cidade natal ,quando eu for fazer o cadastro na CADEUNICO ,eu posso ficar com o mesmo indereco de antes o que está no INSS?

    1. Prezado Gilberis, obrigada pela pergunta. É uma dúvida importante, pelo artigo 20 da lei 8742/1993, a Lei Orgânica da Assistência Social:
      § 9o Os rendimentos decorrentes de estágio supervisionado e de aprendizagem não serão computados para os fins de cálculo da renda familiar per capita a que se refere o § 3o deste artigo
      Portanto bolsas acadêmicas e estágios estão fora deste cálculo. Sobre o CADUNICO vão pedir comprovante de residência e fazer perguntas. Lembre-se que você tem até 31/12/218 para atualizar. As informações sobre alteração de endereço o pessoal da Secretaria De Assistência Social de seu município vai poder te orientar.
      Espero ter ajudado, não se esqueça de manter endereço e telefones atualizados no INSS.
      Peço um favor, se gostou do artigo, ajude outras pessoas e compartilhe em suas redes sociais.

  20. Olá, Dra. Gostaria de saber se pode ter dois beneficiários do BPC na mesma casa? Eu sou paraplégico e minha mãe é idosa e Ambos recebem o BPC. me mudei para casa dela e tenho que me cadastrar no CadÚnico, se eu colocar no mesmo endereço eu perco o BPC? (Moramos só nós dois)

    1. Prezado Luiz Fernando, o Estatuto do Idoso garantiu que 2 idosos possam receber benefício na mesma casa, como marido e mulher.
      2 pessoas com deficiência ainda não está na lei, nem o seu caso, mas se a família depende dos benefícios e é considerada carente, vulnerável economicamente, a justiça tem declaro, SIM, este direito.
      Não posso afirmar se você irá perder ou não, mas se o INSS apurar “irregularidade” lhe dará prazo para defesa e no seu caso ir morar com ela foi uma necessidade, você terá toda oportunidade de apresentar defesa.
      O que posso afirmar é que até 31/12/2018 todas as pessoas terão de ter o CADUNICO ou manter atualizado, caso contrário benefício será suspenso.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.
      Abraços !!

  21. Boa tarde, ganhei uma viagem de presente de uma amiga na Holanda pra mim e para meu filho. Vamos ficar 3 meses.
    Recebo LOAS do meu filho, como devo proceder para não perder?
    Devo nomear outra pessoa para receber e como proceder?
    Obrigada

    1. Sônia, viajar para casa de amigos ou parentes não implicará em mudança de renda, ok.
      O que é preciso é fazer o CADUNICO até 31/12/2018 ou para quem já tem, deixá-lo atualizado.
      O Inss e os bancos têm uma política, se o benefício não for sacado durante 90 dias, o dinheiro volta para o INSS e fica bloqueado até que a pessoa apareça. É uma forma de evitar que pessoas falecidas recebam indevidamente também.
      Qualquer segurado pode nomear outra pessoa para ir ao Banco ou ao INSS, lembrando que deixar senha e cartão somente com pessoas de altíssima confiança, caso contrario, você pode receber o benefício quando voltar de sua viagem. Se o banco bloquear basta ir no INSS, pedir a reativação, e geralmente em 10 dias úteis o pagamento retorna ao normal,inclusive os 3 meses não sacados.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.
      Abraços !!

  22. Boa noite . Tenho um irmao qur possui deficiencia recebe o BPC e mora c minha mae. Ela esta com 60 anos. Gostaria de saber se ela pode se aposentar sem cortar o benefício dele.

    1. Luana, obrigada por acompanhar o site e pela pergunta.
      Não posso afirmar se uma pessoa vai perder ou não o benefício. Mas entrando uma renda de sua mãe, como “futura aposentada”, isto pode afetar a renda Familiar que é o que o INSS leva em conta para manter o benefício. O ideal é verificar com algum profissional, como ficaria a Nova Renda Per Capita de sua família caso isso ocorra , se irá influenciar.
      Espero que tenha ajudado, sem documentos, não tem como dar uma resposta conclusiva, nem seria ético fazer uma análise de forma pública. DE forma genérica podemos sempre esclarecer.
      Obrigada pela leitura do site. Compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem o Direito Previdenciário.
      Grande abraço.

    1. Gilberis, verdade. Desde 2017 foi baixada uma Portaria e o INSS irá verificar se rendas as pessoas que recebem BPC está compatível com a Lei, então não será cortar, somente por cortar, mas verificar se tem fraudes, irregularidades, afinal a administração pública tem de ser eficiente. Contudo como a estrutura dos benefícios é imensa, sempre haverá erros, infelizmente. É oportunizado o Direito de Defesa também, antes do corte.
      Espero que tenha ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o direito previdenciário.

        1. Sim, a Portaria conjunta do INSS com o Ministério do Desenvolvimento Social tornou obrigatório todos os segurados que recebem BPC-LOAS terem dados no CADUNICO e manter estas informações atualizadas também.
          Obrigada pro acompanhar o site, muito feliz com esta interação.

  23. Boa noite.recebo loas meu e do meu filho moro na casa da minha mãe na parte de cima.sao duas casas separadas ao as conta de luz e água q é junto pois é só um padrão na casa dividimos a conta .o restante e tudo separado .ela é pensionista e meu irmão trabalha de carteira assinada.tenho meu cadastro do cas e ela tem o dela.nesse recadastramento quando for fazer o cruzamento pode aparecer o nome dela ou do meu irmão por ser o mesmo endereço. Mas como disse a casa e separada quando fiz falei isso com a sustente social que morava na parte de cima.sera q posso ter o box cancelado

    1. Prezada Ana, imagino que esteja angustiada. Não tenho como afirmar se um benefício será cancelado ou não, primeiro por questões éticas, segundo por que somente analisando documentos de cada pessoa.
      De forma geral, o INSS não está cruzando endereços, mas verificando se a família Cadastrada naquele NIS tem renda ou se mudou a questão econômica, o cruzamento é de CPF e NIS. SE as famílias tem cadastros diferentes no CADUNICO, por que são núcleos autônomos não existe nada de irregular. As pessoas que estiverem em situação irregular irá receber uma Carta do INSS permitindo o Direito de Defesa, não haverá cortes automáticos. Se vocês não receberam a carta é por que está tudo correto.Espero que tenha ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o direito previdenciário.
      Ah… Muito obrigada pro acompanhar o site.

  24. Boa noite.eu e meu filho recebrecebe bpc moro na casa em cima da casa da minha mãe na parte de cima.sao duas casas separadas. E um padrão so na casa dividimos a conta de luz e água .nessa revisão do cas único pode ser cortado meu benefício minha mãe é pensionista e meu irmão trabalha de carteira assinada.minha mãe tem o cadastro dela e eu o meu .nesse cruzamento de dados pode parecer q moramos todos na msm casa por ser o mesmo endereço quando dei entrada falei com a assistente social q morava na parte de cima do eu meu esposo e dois filhos.e um lote com duas casa e 1 relógio luz e padrão de água pra as duas casa nesse cruzamento pode ser cancelado

  25. Olá Jurema! Parabéns pelo site. Hoje minha mãe recebeu no nome dela uma carta do Cadastro Único informando que ela deveria atualizar as informações do cadastro único para que ninguém da casa dela perca o benefício do Loas, no dia 1 de janeiro de 2019. No caso, a pessoa que recebe o Loas sou eu, e há 4 meses estou morando sozinha em outra cidade para fazer minha faculdade. Me mantenho apenas com o meu benefício lá. Vc poderia me dizer como proceder ao atualizar nosso cadastro? Devo informar que mudei de endereço?

    1. Juliana, se sua situação familiar mudou e mora sozinha, sim, você pode ir na Secretaria Social da cidade onde reside, levar o comprovante de residência e fazer um CADUNICO somente seu e declarar que mora sozinha. aliás, informações precisas é justamente o que o INSS está procurando. Quem já está no CADUNICO basta atualizar de 2 em 2 anos.
      Espero ter ajudado, e se gostou do artigo, peço um favor, compartilhe em redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário.

    1. Olá Adriana, não sei se entendi, mas tem 2 pessoas que recebem LOAS na mesma casa? O que a Lei diz é que todos que recebem BPC devem estar no CADUNICO, então sim, todos tem de fazer até 31/12/2018, caso contrário em 01/01/2019 o beneficio poderá ser Suspenso até que se regularize e não é automaticamente cancelado.
      Espero ter ajudado e obrigada pro acompanhar o site. SE gostou do artigo, peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário.

  26. Boa tarde,meu cadunico atualizei em 2017 minha filha Recebe o bpc e tenho bolsa família fui fazer a atualização novamente por conta da troca de escola,Mas meu benefício do bolsa foi cancelado atualizei novamente e fui desbloquear o bolsa lá fizeram perguntas que se minha filha tem algum benéfico eu com medo de perder o bolsa neguei que ela recebe bpc,como neguei posso ficar sem bolsa ou sem o bpc

    1. Olá Laurencinda, os critérios do Bolsa Família são diferentes do INSS, perder a cota do Bolsa Família em nada atrapalha o BPC. SE o Município cancelou, você tem se informar com a Secretaria de Assistência Social, já o INSS verifica a renda da família, o Bolsa não entra nesse cálculo de renda, e se o INSS verificar alguma irregularidade envia correspondência, não sofra por antecipação, qualquer dúvida o número 135 do INSS responde tudo isso.
      Uma dica, nem adianta negar fatos quando for atualizar o CADUNICO, por que o Ministério do Desenvolvimento cruza os Dados com INSS, então o Governo sempre sabe quem está recebendo e quem não está recebendo o Bolsa Família.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude mais pessoas a entender o Direito Previdenciário.

  27. Recebo BPC-Loas e moro com minha mãe que é aposentada e também
    recebe décimo terceiro.Vou continuar recebendo normalmente como
    acontece há 19 anos ou não?Abs e obrigado pelo site.

    1. O INSS está verificando a renda de cada família , se ela é mesmo uma família carente ou não. Se a pessoa vai perder o benefício não tenho como saber, nem posso afirmar.
      Espero ter ajudado e obrigada pro acompanhar o site. SE gostou do artigo, peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário.

  28. Olá.renovei o cadastro do cras .agora o q acontece vão ir mas casa das pessoas.tenho que ir no INSS tbm.vai ter a visita domiciliar depois de todos está cadastrado

    1. Olá Marcos, por enquanto o INSS não fará visitas, mas a Secretaria Social de cada cidade tem suas agendas e demandas de visitação. O que vai acontecer nos próximos meses é a convocação para PERÍCIA DE REVISÃO, o pente fino para quem recebe BPC- LOAS. Então não deixe para última hora, atualize exames e relatórios médicos. esta dica é fundamental, principalmente para quem depende do Serviço Público de Saúde e sabemos o quanto demora para conseguir vagas e marcação de exames.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude mais pessoas a entender o Direito Previdenciário.

    1. Sim, pensão e aposentadoria entram como renda, inclusive não pode acumular, se o filho recebe pensão, não pode receber BPC, ou é um ou outro.
      SE os pais recebem INSS vai contar como renda, em muitos casos quando a pensão é até 1 salário mínimo este valor não entra na conta, mas são questões específicas, cada caso é um caso diferente, mas no geral SIM, BENEFÍCIOS COMO APOSENTADORIA E PENSÃO entram no cálculo.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude mais pessoas a entender o Direito Previdenciário.

  29. Boa noite! Eu recebo o BPC e meu pai faleceu e deixou como herança uma casa.Essa casa casa meus irmão venderam e repartiu o dinheiro .Eu recebi esse dinheiro dessa herança.Minha é se por conta desses dinheiro recebido da herança do meu pai o meu BPC ,pode ser cortado?(lembrando que a casa era do meu pai e com o falecimento dele ,vendemos a repartimos o dinheiro)

    1. Olá Gilberia, obrigada pela pergunta, bem esse ainda não é critério de cancelamento: ter direito à herança. O que o INSS está verificando é a renda da família, se alguém na casa trabalha de carteira assinada (etc), se tem propriedade rurais, carros de luxo e agora se a DOENÇA continua incapacitando e se constatada a deficiência até hoje.
      Por enquanto se preocupe em atualizar seus exames e laudos médicos para não ser pega de surpresa com convocação de perícia.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude mais pessoas a entender o Direito Previdenciário.

  30. Gostaria de saber de quem recebe o loas vai passar por perícia tbm.ja renovei o cadastro no cras.em 2019 vai ter visita com assistente social ou só se encontra irregularidade no cadastro que vai ter a visita .e se o loâ e contado como renda .4 pessoas 2 recebe loas eficiente 2 desempregada uma criança e um adulto.

    1. Marcos, vamos responder por partes. Sim, segundo o Decreto assinado dia 09/08/2018 o INSS deverá começar as convocações de todas as pessoas que recebem BPC LOAS por deficiência para verificar se a incapacidade par o trabalho continua e se esta é de longo prazo. Assim, como os convocados do Auxílio-Doença é importante manter endereço e telefones atualizados, pois a convocação se dá pelos Correios, a novidade é que o Governo poderá convocar os ausentes, através dos Bancos, no Caia sairá um AVISO de convocação. A segunda parte da pergunta fala sobre o Serviço Social da suas cidade fazer visitas, sim, isto é possível e constante, porém INSS está por enquanto fazendo o cruzamento dos dados do CADUNICO vamos assim dizer através do sistema. o BPC Loas não conta como renda, pois tem natureza assistencial,e então é possível em alguns casos 2 pessoas na mesma casa receber, apesar do INSS sempre querer contestar, vemos decisões judiciais favoráveis.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude mais pessoas a entender o Direito Previdenciário.

  31. Boa noite… Eu recebi uma carta que tenho que comparecer no CADUNICO para regularizar o Loas do meu filho. Ele ja nasceu com uma deficiência ele e deficiente total ele vai fazer 18 anos em Setembro dia 14. Mora eu ele e minha filha,tenho um namorado que a maioria das vezes dorme na minha casa devido ele morar no sítio dos tios dele a onde reside os pais dele. Ele também tem que entrar no cadastro único? Outra pergunta meu sonho e trabalhar, uma casa sair do aluguel. Tem como hoje ele sendo de maior ele receber e eu poder trabalhar e poder assinar carteira poder conquistar meus sonhos. Estou ficando velha e não tenho uma casa para morar. Pode me ajudar a esclarecer pois não sei nem oque fazer. Obrigada que Deus te abençoe por sempre estar tirando duvidas de quem precisa.

    1. OLá Luciana, obrigada pela pergunta.
      Vamos por partes.
      SEu Filho já tem 18 anos e se for deficiente total para os atos da vida civil, você tem de providenciar a CURATELA judicial dele. SE ele é uma pessoa independente apesar de não poder trabalhar, sim, com 18 anos ele pode pedir que o benefício seja separado, excluído seu nome e o novo cartão é emitido em nome dele. Sobre sua renda já é complicado, por que precisa declarar quem mora na residência, seu namorado não é membro da família, ok. Se você trabalhar isto irá influenciar no cálculo.
      Outra questão é que os deficientes inscritos no CADUNICO tem preferência para ser contemplados no Programa Minha Casa Minha Vida, procure saber junto à Secretaria de Assistência Social de seu município.

      Espero ter ajudado e peço que se lhe foi útil, compartilhe em suas redes sociais.

  32. Olá, quem recebe benefício bpc pode tirar carteira de habilitação ACC especial para moto cinquentinha 50cc ou CNH especial e ter moto como proprietário??

    – porque isso não é gerar renda!!

    1. OLá Thiago, poder tirar pode, mas futuramente quando o INSS chamar para as perícias de revisão tudo isso poderá ser analisado.
      O que tenho visto que ser proprietário de Carros de Luxo que vem interferindo no recebimento e até notificando as pessoas para se explicar.
      Sobre essa questão específica, Moto cinquentinha, nunca atuei.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais.
      Abraços e obrigada por seguir o Blog.

  33. Minha mãe é a titular do cartão do BPC do meu irmão que é deficiente, eu queria saber se é possível fazer a transferência p nome dele, para ele mesmo ser o titular do beneficio?

    1. OLá Mara, na verdade seu Irmão é o titular, o benefício é dele e sua mãe é a representante.
      Sim, quando a pessoa faz 18 anos de Idade pode pedir que o cartão seja emitido em seu próprio nome, basta ir numa agência do INSS e fazer o requerimento, o Banco emitirá o novo cartão, simples assim. Exceto naqueles casos em que a pessoa é totalmente incapaz ou Interditada, aí, só juiz pode dizer quem será o Novo Curador.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais.
      Abraços

    1. OLá Vanderlei, não tenho como saber se alguém vai perder. Posso falar de forma genérica. Só entra no cálculo do BPC, aquelas pessoas listadas no artigo 20 da lei 8742/1993 a Lei Orgânica da Assistência Social, ou seja a família é composta pelo requerente(você), o cônjuge ou companheiro, os pais e, na ausência de um deles, a madrasta ou o padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e enteados solteiros e os menores tutelados, desde que vivam sob o mesmo teto. . Então primos, tios, padrinhos e amigos não são calculados, ok.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas. Valeu mesmo pela pergunta e por seguir o Blog.

  34. Boa noite!

    Eu tenho uma filha de 5 anos que recebe o loas e o cartão e no meu nome. Só e nos duas em casa.
    Sofri acidente em FEVEREIRO e estou com dificuldades para andar e no hospital q mim trato foi informado q meu caso e uma recuperação bastante lenta e provavelmente terei q fazer cirurgia daqui uns 4 anos.
    Gostaria de saber se posso receber o loas tbm pois tudo teve alteração na minha vida.

    1. Olá Natália, sim, pode. O LOAS não entra no cálculo da Renda. Se o INSS negar a Justiça Federal está aí para amparar. Por que a Lei 8742/1993 foi alterada pelo Estatuto do Idoso e permite 2 idosos receberem LOAS na mesma casa, mas não fala nada de 2 deficientes. Geralmente o INSS tem negado e judicialmente os juízes tem deferido. Dê entrada o quanto antes, basta ligar para 135 e agendar.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais.
      Abraços

    1. Olá Renata,o INSS vai investigar a renda da família toda. Então se seu nome consta no CADUNICO e agora tem renda permanente, sim, isos vai influenciar muito. Não posso afirmar se vai ser bloqueado por que teria de analisar documentos de todas as pessoas que vivem na casa. Mas fique atenta , se for convocada pelo INSS, procure um profissional em sua região e se informe.
      Abraços e peço um favor, se o artigo foi útil, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.

  35. Boa noite, gostaria de saber se meu pai perderá o BCP caso ele passe a morar sozinho, porque moramos somente eu e ele, só que irei fazer faculdade em outra cidade, e me mudarei para lá, desde já agradeço, parabéns pelo blog, ele é excelente! sucesso.

    1. OLá Inês. Quem recebe BPC pode morar sozinho e o INSS vai computar como renda Zero. O CADUNICO só constará o Nome dele , não existe qualquer impedimento. Ok.
      Se gostou do artigo peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a desmistificar o Direito Previdenciário.
      Abraços

  36. Bom dia!
    Gostaria que me tirasse uma duvida:Minha filha recebe o BPC e em Dezembro de 2017 fiz o recadrastamento no CRAS.
    E esse ano já fiz prova de vida no Banco.Queria saber se é todo ano tem que fazer o recadrastamento no CRAS?
    Minha mãe tambem precisa fazer todo ano?
    Essa é minha dúvida,pois no CRAS me disseram ano passado que teríamos que fazer somente em 2019.
    Obrigado e aguardo resposta.

    1. Rosangela, que pergunta legal. Obrigada por acompanhar o site e desculpe pela demora, com as eleições, a blogueira aqui saiu de cena e virou militante.
      Mas vamos lá. Segundo a Portaria do INSS só precisa atualizar CADUNICO de 2 em 2 anos, então somente em 2019 também. Prova de vida 1 vez ao ano no Banco.
      Sua mãe recebe LOAS? se sim, deve fazer a atualização de 2 em 2 anos também. Se for aposentada(receb 13o no fim do ano), somente prova de Vida mesmo no banco.
      Espero ter ajudado. Se gostou do artigo peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.
      Abraços.

  37. Minha vó recebe o benefício loas, mas em seu cadastro consta que mora sozinha. Porém estou indo morar com ela e não possuo nenhuma renda, é preciso atualizar o cadastro?

    1. Prezada Mariana o CADUNICO deve ser atualizado de 2 em 2 anos. SE o e sua avó já está atualizado fique tranquila, mas quando for preciso terá sim de informar as pessoas que moram no imóvel.
      Espero ter ajudado. Se gostou do artigo peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a desvendar o Direito Previdenciário.
      Abraços.

  38. Boa tarde Dra: Jurema, gostaria de um esclarecimento, minha esposa recebe o BPC, e eu recebo auxilio doença por enquanto, por doenças do coração, só gostaria de saber ao fazer o recadastramento ela pode perder o beneficio.
    Desde já meu muito obrigado.
    ATT: Matuzalem soares de souza.

    1. Matuzalem, obrigada pela sua participação.
      Não tenho como saber se o INSS vai cortar seu benefício, mas que a renda de sua esposa será considerada, isso é certo. SE na contagem estiver dentro dos critérios estará tudo ok. Se o INSS verificar algum cálculo incompatível você será notificado e terá direito de defesa.
      Espero ter ajudado. Se gostou do artigo peço um favor, compartilhe em suas redes sociais.
      Abraços.

  39. Bom dia doutora recebo bpc minha tia mora comigo só q ela possui endereço de outra cidade e minha prima botou ela no bolsa família dela vou ter algum problema quando for me recadastrar. Se for possível me tire essa dúvida por favor. Obg

    1. OLá Sandro, não tenho como saber se vocês terão problemas… Mas de forma genérica o INSS irá verificar a renda de todos que estão cadastrados como membros da família, ok.
      Então se sua tia mora com você isso pode influenciar ou não, mas veja o que diz a lei:
      A Família apara cálculo da renda são : o cônjuge ou companheiro, os pais e, na ausência de um deles, a madrasta ou o padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e enteados solteiros e os menores tutelados, desde que vivam sob o mesmo teto. Artigo 20 da lei 8742/1993. TIO E TIA NÃO ESTÃO AQUI. Em tese, pelo menos, não deveria influenciar.

      Peço um favor, se foi útil para você, nos ajude a difundir boas informações e compartilhe este artigo em suas redes sociais.

  40. Oi jurema o INSS suspendeu o benéfico de minha filha por causa do pai que está trabalhando de carteira assinada e ganhando mais do que o INSS exige .gostaria de saber se um dia ele tiver desempregado ela pode recorrer pra conseguir o benefício de volta

    1. Olá Luzinete, olha que situação chata.
      A depender da situação, da gravidade da doença de seu filho e da situação econômica da família, você pode ingressar na Justiça mesmo seu esposo trabalhando.
      Tudo isso precisa de avaliação de documentação, então sempre recomendo que procure um(a) especialista em Direito Previdenciário em sua cidade com urgência para análise mais apurada.
      Abraços.
      Espero ter ajudado e se gostaram do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário. Curta, siga, compartilhe.

  41. Eu tenho um filha especial recebo benefício BPC . estou morando em Goiás mais janeiro irei retorna pra Tocantins . fiz cadastro aqui no CRAS aqui em Goiás porém meu endereço no INSS está Tocantins não troquei de endereço porque irei retorna tem algum problema?

    1. OLá Polyana, obrigada pela pergunta.
      Endereço é uma questão importante, por que se o INSS quiser achar vocês irá enviar para o que você cadastrou, então, sempre que possível atualize onde você mora e possa receber cartas, não esqueça de atualizar seu endereço na Agência do INSS ais próxima de você e constar o telefone também. Eles ligam ou enviam carta quando necessitar.
      Espero ter ajudado e se gostaram do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário

  42. Boa tarde, Dra! Eu liguei para 135. E fui informada que eu estaria pra ser convocada pra comparecer no Inss, apresentar documentos e fazer a carta de defesa. E que a correspondência de convocação iria chegar na minha residência. E que eu poderia logo agendar pelo Inss e comparecer e lá retirar a correspondência. Assim fiz, agendei para ir ao Inss. Chegando lá, fui informada que não tinha carta nenhuma com eles. Que é pra aguardar a correspondência chegar em casa. Senão chegar, não precisara ir ao Inss para fazer o procedimento. E que as informações do 135, de acordo carta estar no inss não procede. Enfim, um só atendente verificou no sistema do Inss e verificou benefício ativo e regular. Então, sai do Inss transtornada sem saber o que está acontecendo. Logo em seguida, fui ao cras e fiz o recadastramento. O que eu quero saber como a sra. Se o benefício corre o risco de ser cancelado, devido a desencontro de informações. Pq, o 135 diz uma coisa e o Inss outra coisa. Tô sem entender nada. Não trabalho de carteira assinada. Não tenho outra renda. É só eu e meu filho. Me responda dra. Por favor. Estou aflita e pasando mal devido a isso. Um abraço! Fique com Deus. Me mande a resposua para meu email. mariacintiadutra@hotmail.com

    1. Prezada Cintia, obrigada por seguir o Blog.
      Fica com seu coração aliviado, se você não tem outras rendas, e nada mudou, o benefício deverá ser mantido. AS perícias do BPC_ LOAS devem começar em 2019. O mais importante é manter seu endereço no INSS atualizado. É que a grande mídia e até o INSS está fazendo um grande terrorismo com todas essas novidades, deixando muitas pessoas em pânico.
      O INSS convoca para perícia pelos Correios, então a única coisa que recomendo é verificar se seu endereço está correto e basta ir na Agencia do INSS mais próxima de você. Quando eles querem convocar enviam telegrama ou carta e com antecedência. Mas se seguir a lógica do pente fino do auxílio-doença, é bom você já ir se planejando, entrar na fila do médico para pegar Exames e Relatórios Médicos atualizados da doença de seu filho, assim, quando ele for convocado já estará com tudo pronto e organizado sem surpresas.
      Espero ter ajudado e se gostaram do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário.

    1. Boa tarde Maria José, você precisa fazer o CADUNICO na Secretaria de Assistência Social, aquele mesmo do Bolsa Família até 31/12/2018, caso contrário o Benefício será bloqueado em janeiro.
      Espero ter ajudado e obrigada por acompanhar o site.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se gostou do artigo ajude outras pessoas e compartilhe em suas redes sociais.
      Abraços fraternos.

  43. Boa noite Jurema!
    Preciso de uma ajuda minha filha tem paralesia Celebral e recebe o BCP em meu nome , e estou desempregado e também me separei de minha esposa , porém nada no papel ,pois estamos na mesma cidade e ela está trabalhando em um serviço temporario cuja renda é 2.200,00 não moramos juntos pore´m ela me informou que termina seu contrato em 25 de dezembro de 2018 , nao recebi nenhuma carta de recebimento de beneficio inadequado entretanto recebi uma carta do cadastro unico para que eu compareca o cras de minha cidade para atualizar diferenças de informções do cadastro do governo federal!
    o que eu preciso fazer , pois não acho que o governo viu que minha ex esposa estava trabalhando , más ela me informou que não terá renda apos 25 de dez de 2018. pode me ajudar com essa duvida . se sera cancelada o beneficio.

    1. OLá William, não tenho como afirmar se um benefício será cancelado ou não.
      Posso falar de forma genérica.
      O INSS vai avaliar a renda da família declarada no CADUNICO.
      No CADUNICO deve-se constar os membros que moram juntos.
      A renda de sua esposa realmente é muito alta e isso pode interferir.
      É preciso estar com endereço atualizado junto ao INSS.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se o artigo foi útil, ajude outras pessoas e compartilhe em suas redes sociais.

  44. Bom dia,

    Primeiramente gostaria de agradecer e parabenizar sua atitude de disponibilizar um pouco de seu tempo para tirar algumas dúvidas de pessoas que não têm o devido conhecimento,igual a eu.
    Minha mãe fez o cadastramento e colocou o meu nome e da minha filha e mandaram uma carta para fazer sua defesa dia 14/11/2018, senão iriam cancelar seu benefício,porém onde moramos é um sobrado e eu moro na parte superior e ela na parte de baixo.A pergunta é: devo me mudar ou ela deve esclarecer os fatos para não perder o benefício?

    1. Ola, obrigada pela pergunta.
      Então, se são famílias independentes, apesar de morar no mesmo imóvel, o CADUNICO deve ser refeito, Ter 2 Cadastros, um de sua mãe que mora sozinha e outro de vocês com sua renda própria. Cada família tem de ter o seu próprio cadastro.
      SE ainda assim não resolver consultem um profissional em sua cidade, sempre temos a Justiça Federal para nos socorrer.

  45. Bom dia,

    Primeiramente gostaria de agradecer e parabenizar sua atitude de disponibilizar um pouco de seu tempo para tirar algumas dúvidas de pessoas que não têm o devido conhecimento,igual a eu.
    Minha mãe fez o cadastramento e colocou o meu nome e da minha filha e mandaram uma carta para fazer sua defesa dia 14/11/2018, senão iriam cancelar seu benefício,porém onde moramos é um sobrado e eu moro na parte superior e ela na parte de baixo.A pergunta é: devo me mudar ou ela deve esclarecer os fatos para não perder o benefício?

    Obrigado!!!

    1. Olá Distefano. É uma situação especial. Pela lei netos e filhos casados não entram no cálculo da renda. Se são duas residências, duas vidas independentes, mesmo que juntas, isso tinha de ser separado.
      Importante atualizar o CADUNICO com as informações reais e verdadeiras.
      Espero que a defesa tenha dado tudo certo e lembro que sempre tem a justiça federal que dá a última palavra sobre esses casos.
      Peço um favor, se o artigo foi útil, siga o blog, faça assinatura e compartilhe em suas redes sociais para ajudar outras pessoas.

  46. Olá Dra, tudo bem? Bom eu tenho uma pergunta pra senhora, tenho uma filha com deficiência e recebo o LOAS já tem 11 anos, meu ex marido declarou ela no Imposto de renda este ano, eu gostaria de saber se depois que eu fizer o cadastro único, corro o risco de perder o benefício, sendo que eu não me separei no papel?Desde ja agradeço.

    1. OLá Tamires. Obrigada pela pergunta.
      SE você não vive mais com o pai de sua filha, é importante atualizar o CADUNICO.
      O que o INSS vai fazer é cruzar dados, CPFs dos membros da família que moram sobre o mesmo teto.
      Não tenho como saber quem vai ser chamado ou perder, mas de forma genérica, quem tiver renda aumentada, situação econômica da família mudou, vai sim, ter este risco.
      Peço um favor, se o artigo foi útil, siga o blog, faça assinatura e compartilhe em suas redes sociais para ajudar outras pessoas.

    1. OLá Valdirene, não tenho como te dizer ao certo, cada caso será analisado pelo INSS, a Lei permite 2 idosos receber na mesma casa o BPC, a justiça concede 2 BPC para pessoas com deficiência, mas uma coisa é certa, se o INSS te chamar, você terá direito de se defender e provar que sua família não tem outra renda, é concedido prazo para Defesa. Por isso manter os telefones e endereços atualizados no INSS e tão importante.
      Espero ter ajudado, muito, muito obrigada por acompanhar o blog e peço um favor, se o artigo foi útil para você compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário. Abraços.

  47. Boa tarde
    Em dezembro do ano passado 3017 fiz o recadastramento do loas assim como foi pedido . Esse ano preciso fazer de novo ?

    E estou separada desde janeiro desse ano .. porem nao separei no papel ainda
    Hj ele tem carro e trabalha fora .
    Posso perder meu loas por deficiencia por conta desse emprego dele ?
    Nao sei quanto ele esta ganhando no momento

    1. OLá Bruna, se a renda de sua família mudou, tem sim de comunicar imediatamente, até por que esta pessoa que tem renda não está dentro de casa. Com certeza essa renda poderá influenciar. SE vai perder o benefício não posso afirmar, seria impudente, mas poso afirmar que com certeza o INSS cruza dados, tudo automático, se tem o CPF de seu ex-marido lá cadastrado e ele tem renda fixa, carteira assinada, isso poderá prejudicar. Ter carro nem é tanto problema por enquanto. Mas repito sempre para todos que acompanham o Blog, é importante levar os documentos de todos os membros da casa para um especialista ver em sua cidade, um advogado ou advogada de Direito Previdenciário.
      O CADUNICO tem de ser atualizado de 02 em 02 anos ou em situações como a sua, em que houve diminuição da renda.
      Espero ter ajudado.
      Abraços e peço um favor, se o artigo foi útil, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.

  48. Boa noite queria sabee se o cadastro do das único q eu tinha antes e o msm para o loas renove em agosto.tenho q entrar em contato com INSS informando q já tenho o das único desde 2008 e o benefício loas e de 2014.

    1. Olá Marcos, que pergunta legal, obrigada por seguir o blog.
      O CADUNICO é o mesmo para todo mundo. Só precisa atualizar de 2 em 2 anos. É o mesmo cadastro do Bolsa Família. Não precisa comunicar nada ao INSS, pois o sistemas se cruzam de forma automática.
      Espero ter ajudado.
      Abraços e peço um favor, se o artigo foi útil, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.

    1. OLá Alex, se a pessoa mora sozinha, então sua renda será ZERO, impossível perder o BPC, ao contrário é que aconteceria, ou seja, tinham 2 pessoas na família, agora tem 4 e 1 trabalha de carteira assinada, isso mudará todo o cálculo da renda familiar, e o INSS poderá verificar irregularidade. Mas quem vive só e recebe o BPC sua renda sempre será ZERO e sem alterações tudo permanecerá igual.
      Espero ter ajudado.
      Abraços e peço um favor, se o artigo foi útil, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.

  49. Olá jurema !Meu nome é Beatriz recebo o box desde 2013 em 2016 saí da casa dos meus familiares e fui morar sozinha como só estava recebendo o bpc comecei a trabalhar registrado e mesmo assim sacava o benefício saí do emprego e continuo recebendo o benefício normal agora chegou uma carta pra mim falando que meu cadastro dava com irregularidades fiz a renovação do cadeunico estou esperando a resposta uq pode acontecer comigo me ajude por favor?!

    1. Prezada Beatriz, obrigada por acompanhar o site, o BPC é um benefício assistencial para quem não tem renda e não tem condições de entrar no mercado de trabalho por conta de uma deficiência. Só se pode trabalhar por 2 anos na condição de aprendiz e isto deve ser comunicado ao INSS.
      SE o INSS averiguar irregularidade, você receberá carta para apresentar sua Defesa, e neste momento sugiro que consulte um advogado ou advogada em sua cidade.
      Espero ter ajudado e peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender o Direito Previdenciário.

  50. Meu filho recebe o beneficio bpc e o bolsa família. Em maio fiz um recadastramento, no cras ai essa semana fui lá no cras para me recadastrar de novo e o atendente disse q eu não precisaria me recadastrar de novo não ai como eu mudei d residência pedi a ele q alterasse só o meu endereço. Só que n estou conseguindo consultar o recadastramento na internet. O que eu devo fazer ? Aguardo resposta

    1. OLá Fernanda, obrigada por seguir o blog e pela pergunta.
      Realmente o atendente te deu informação correta. CADUNICO só deve ser atualizado de 02 em 2 anos. SE vc quiser atualizar seu endereço no site no INSS faz isso bem simples e pelo 135 também.
      Espero ter ajudado.
      Abraços e peço um favor, se o artigo foi útil, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.

    1. OLá Valdilene, BPC é um benefício assistencial(para quem não paga INSS). Auxílio-Doença é um benefício previdenciário(para quem paga o INSS), regras são diferentes.
      Então fique tranquila, só atenda aos chamados de perícia de Revisão e mantenha seu endereço atualizado junto ao INSS.
      Espero ter ajudado.
      Abraços e peço um favor, se o artigo foi útil, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas.

  51. Ola eu morava com meu avo ele morreu e nisso capas da minha tia ir morar cmg pra se aposentar por idade e tempo de contribuicao eu ja fui no crass esse ano.Eu vou perder

    1. Olá Carlos, obrigada pela pergunta.
      Muito importante ter atenção, quanto aos membros da família que entram no cálculo da renda.
      O INSS vai apurar se a situação econômica de cada beneficiário mudou.
      Veja aí o texto da lei, é a renda dessas pessoas que vai contar, lembrando que você tem de declarar no CADUNICO com quem você mora e não a sua família inteira…
      Artigo 20 da Lei- LOAS:
      a família é composta pelo requerente, o cônjuge ou companheiro, os pais e, na ausência de um deles, a madrasta ou o padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e enteados solteiros e os menores tutelados, desde que vivam sob o mesmo teto.
      Veja que a Lei não fala em renda dos tios. OK.
      Se você vai perder ou não não posso afirmar, pois depende de outros fatores,mas sobre a renda de tios e tias essa é a informação legal.
      Espero ter ajudado e peço um favor, se o artigo foi útil, ajude outras pessoas e compartilhe em suas redes sociais.

  52. Oi Dr.Jurema!
    Tudo bem?
    Então estou estudando possibilidades de buscar um benefício BPC,tenho deficiência auditiva e posso provar.A minha dúvida é:
    Moro com meu companheiro (não somos casados legalmente,e nem na igreja).Somente ele trabalha mais ganha salário mínimo mal da pra pagarmos nossas despesas,moramos de aluguel,pagamos água e luz tbm.Posso eu conseguir ganhar aposentadoria no BPC nessas condições?
    Abraço e obrigada!

    1. OLá Jackie, muito obrigada pela pergunta.
      É importante esclarecer que para conseguir o BPC- que é um benefício social e não aposentadoria , é preciso preencher alguns requisitos.
      Estar cadastrada no CADUNICO
      Ter deficiência que impeça o exercício de atividade remunerada
      Ter renda per capita menor que 1/4 do salário mínimo.
      Eu explico tudo neste artigo: http://www.juremacintra.com/beneficio-assistencial-a-pessoa-com-deficiencia-quem-tem-direito/
      Espero que tenha ajudado.
      Se o artigo foi útil, peço um favor, compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas. Abraços e obrigada por seguir o Blog.

  53. Ola dr … minha mae é beneficiaria do bpc (aposentada por envalidez)
    So que ela foi convocada pelo inss porque eles constataram uma inrregularidade ..
    Inrregularridade sendo esta ( qur eu .. no caso filho dela tenho uma renda de 1500 reais ..)
    So que ela fez a atualizaçao no cad unico em dezembro do ano passado .. e que eu nao faço mais parte do grupo familiar … so que a data de apuraçao da inrregularidade é posterior a atualizaçao ..
    Depois do ocorrido fizemos a defesa dela .. com declaraçoes de endereço tanto minha quanto dela … e levamos ao inss
    Queria saber de vc se ela corre o risco de perde o beneficio dela?

    1. Olá Sidney, obrigada pela pergunta.
      Não posso dizer se alguém vai perder, por que seria temerário.
      O INSS sempre dá prazos para a pessoa se defender, prazo para recorrer e no final das contas sempre tem a Justiça que dá a palavra final.
      Filhos solteiros que moram junto com a mãe, a renda entra no cálculo do benefício. O INSS analisa caso a caso, portanto sempre consulte um profissional do Direito da sua região.
      Espero ter ajudado e se o artigo foi útil, peço um favor de compartilhar em suas redes sociais e ajudar outras pessoas.
      Abraços e obrigada por seguir o blog.

  54. Boa tarde,

    Gostaria de uma ajuda, meu irmão sempre morou com a minha mãe, nunca trabalhou, hoje com 41 anos, faz acompanhamento psiquiátrico desde dos 17 anos, porém nunca teve um diagnostico definido, em 2012 quando mudou de cidade com ela, começou ser acompanhado por outro psiquiátrica que o diagnosticou com autismo, em 2017 ela faleceu, restante apenas eu de parente mais próximo, consegui mante-lo morando sozinho por um tempo e solicitei ao inss a pensão por mote à ele, mas foi negado , entramos com recurso , mesmo assim alegam que o mesmo foi considerado incapaz após os 21 anos, nesse meio tempo nós construímos no nosso quintal um quarto e cozinha e estamos o mantendo financeiramente temporamente, porém não temos condições, se eu entrar com pedido de Loas para ele nós conseguirmos sem que eles considerem a minha renda e da minha esposa, porque ele está vivendo com nosso auxilio tem poriamente até consiga uma renda fixa.obrigado

    1. OLá Robson. é uma situação bem difícil. Pensão para maiores de 21 anos só são concedidas quando se prova que na data do óbito o filho maior era dependente dos pais e também incapaz.
      Vejo que a única possibilidade seria a ação judicial e vocês devem procurar um advogado(a) imediatamente. Por que na justiça se faz perícia, e também se produz provas testemunhais que tem grande peso. Claro que o resultado depende de toda esta produção de provas. Pelo que você me falou, a renda sua e de sua esposa afastam o LOAS, mas sempre é possível reavaliar. Espero ter ajudado e peço um favor, caso tenha gostado do artigo, compartilhe em suas redes sociais e ajude mais pessoas.

  55. Boa tarde!
    Sou deficiente e recebo bpc, o cartão do titular é a minha mãe!
    Sou de maior, já trabalhei antes, estou desempregada há 3 anos, gostaria transferir o cartão pro meu nome.
    Mas minha mãe trabalha, mais não mora comigo, não consta do cadastro único, eu moro sozinha, eu atualizei meu cadastro único.
    Corro risco de perder ou poderei solicitar o cartão para meu nome?

    1. OLá Layla, toda vez que o Segurado se torna maior de idade tem direito de requerer o Cartão novo constando seu nome. O Nome de sua mãe figura apenas como representante e o que importa é sua renda. Se você mora sozinha, então tem renda ZERO, está tranquila com relação ao cálculo da renda, em tese.
      Perder benefício por que pediu cartão novo não existe, mas o INSS vai solicitar que seu CADUNICO esteja também correto, CPF, tudo mais.
      Espero ter ajudado e obrigada por seguir o blog, peço um favor, se o artigo foi útil, compartilha em suas redes sociais.
      Abraços
      Desculpa pelo atraso, mas o blog ainda é um hobby.

  56. Bom dia gostaria de tira uma dúvida minha tia recebe o bpc mas foi bloqueado ligamos pra lá e a moça informou que tinha que da prova de vida e fazer um cadastro no CRAS ,e falou que o benefício seria liberado em cinco dias contando apartir do dia que fez o recadastramento ,queria saber se corre risco de perde? E porque demora cinco dias?

    1. Olá Emanuelle, a prova de vida é uma obrigação que todo segurado do INSS tem de fazer. Para evitar fraudes. Acredite, muitos parentes sacavam o benefício de seus idosos já falecidos e isso gera prejuízo para mim e para você, já que este dinheiro é público e deve ser revertido para a Seguridade Social. Então é normal, fique tranquila, prova de vida é para todos e o Prazo é do INSS e do sistema bancário operacionalizar o novo depósito do pagamento.
      Sobre o cadastro no CRAS também é obrigatório para pessoas que recebem BPC-LOAS, cuidado pois a partri destes dados, o INSS irá rever a renda de cada membro da família e poderá reanalisar o benefício.
      Espero ter ajudado e obrigada por seguir o blog, peço um favor, se o artigo foi útil, compartilha em suas redes sociais.
      Abraços
      Desculpa pelo atraso, mas o blog ainda é um hobby.

    1. Olá Adrielly, já vi retornar em 15 dias e outros até 04 meses. Infelizmente as coisas no INSS estão bem lentas.
      Obrigada por acompanhar o Blog, só nos motiva a continuar.

    1. OLá Ernandes, sim, claro que pode! A pessoa é livre para viver onde for. A única questão é que de 2 em 2 anos, deve ir na Secretaria de Assistência Social de seu domicílio atual e atualizar o CADUNICO.
      Abraços e obrigada pro acompanhar o site.

Deixe uma resposta para vicente Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.