Já estava adiando este post há meses e não dava mais, a vontade de escrever latejava.

Eu morava em Feira de Santana e vim aqui para estudar na UESC-Universidade Estadual de Santa Cruz e no meu imaginário só pensava em Ilhéus como a terra de Jorge Amado e das Fazendas de Cacau com seus coronéis. Afinal de Contas CACAU foi o primeiro livro de Jorge que li, isso estava carimbado em minha alma de leitora.

Éramos muitos na imensidade da roça. As folhas secas dos cacaueiros tapetavam o chão, onde as cobras esquentavam sol após as longas chuvas de junho. Os frutos amarelos pendiam das árvores como lâmpadas antigas. Maravilhosa mistura de cor que tornava tudo belo e irreal, menos o nosso trabalho estafante. Jorge amado, Cacau, 1933

Cacau- Jorge Amado

Porém, quando cheguei a realidade que vi foi tão diferente… A praga da Vassoura de Bruxa ainda viva, fazendas improdutivas e achar chocolate era praticamente impossível. O sofrimento e pobreza dos trabalhadores rurais descrito no romance??? essa continuava a mesma.

Mas, vamos ao Chocolate, a tal procura incessante. Uns tais que se dizem caseiros, achei caro  sem graça alguma.

Pois bem, conheci a COCADA DE CACAU e amei, mas tem de ter paladar, viu? pois é bem intenso o sabor, um pouco amargo.

Cocada de Cacau

Daí passados quase 20 anos em solo Grapiúna, virei Cidadã Itabunense, Papa Jaca com muito orgulho e sem qualquer demérito, casei, mudei novamente para Ilhéus e vi a região  mudando, eu sinto esses ares chegando cada vez mais.

Recebendo título de Cidadã de Itabuna pela Câmara de vereadores em 2016

Das coisas mais fantásticas desta transformação é o processo de DESCOLONIZAÇÃO da produção agrícola do Cacau. Por décadas e décadas fomos apenas exportadores da matéria prima: as amêndoas de Cacau e agora estamos produzindo Chocolates da melhor qualidade possível. Deixando o sistema Imperialista e nos desenvolvendo????? Quando fui em Gramado há 7 anos atrás achei muito louca a quantidade de fábricas de chocolate e um pé de cacau de mentira para turista tirar foto??? Ué??

Aí lembrei da Suíça e Bélgica também não são assim?? Possuem técnicas fantásticas de beneficiamento das amêndoas e não tem 1 único pé de cacau plantado. Neo-colonialismo? Globalização? enfim…

Cacau é planta umbrófila, ela precisa de calor, água e sombra, descendo pela América Central, de onde é originário, chegou até aqui na mata Atlântica e se instalou muito bem. Professor Augusto Fernandes, antropólogo me contava sobre as comunidades indígenas aqui de Ferradas(Itabuna) que já o cultiva e existem relatos históricos, enfim, essa não é minha área e falo aqui de forma bem simplista me perdoem os agrônomos e historiadores.

Roça de cacau – sistema Cabruca

O que quero falar é sobre as delícias do nosso chocolate do ponto de vista da GULA mesmo, guludice PURA!!!

Já fui em vários festivais do Chocolate que aconteceram aqui em Ilhéus, mas em 2018 eu me esbaldei, aff, foi bom demais!! Provei tudo quanto foi barrinha de chocolate. Quem inventou isso? Ai que loucura !!!

E as essência deste movimento estão ficando, a gente anda pela cidade e encontra lojas de  Chocolates Finos maravilhosas. Eu me acabo mesmo!!

Loja Cacau do Céu

Loja Cacau do Céu

E nos restaurantes e lanchonetes já é possível encontrar vários displays com os Chocolates de Origem Sul da Bahia, produzidos direto pelas Fazendas.

E a gente anda pelo Brasil e lojas importantes já possuem prateleiras, olha essa aí na Eataly São Paulo… choquei de tanta felicidade em ver os produtos do Sul da Bahia com destaque, afinal de contas é o esforço de muitos trabalhadores, muitos produtores que resistiram a grandes tempestades até chegar aqui.

A região Sul da Bahia empobreceu de uma forma assustadora pós-crise vassoura de bruxa e essa Mudança de Hábito do consumo de chocolate, esses novos produtos no mercado estão oferendo uma oportunidade ímpar de resgate da economia, perdoe-me os economistas, mas falo aqui como uma moradora e turista entusiasmada, apenas.

  Leia Também: Chegando e Saindo de Ilhéus – aeroporto e rodoviária

                                 Compras em Ilhéus

                                 Qual melhor bairro para se hospedar em Ilhéus?

                                 Onde comer bem em Ilhéus? Parte 3

Eu sonho em ver o pessoal descer de Navio e fazer Tour do chocolate pela Cidade, voltando com sacolas cheias de Barrinhas e Caixas de Bombons Finos.

Sonho em ver os turistas fazendo Tours pelas fazendas para visitação igual os  amantes de Enoturismo fazem dias e dias de roteiros pelas vinícolas em vários países.

Sonho em ver as pessoas discutindo qual sua Fazenda Preferida, qual sua porcentagem de Cacau Preferida(40%, 50%, 70%), qual sua composição preferida, se com leite de Cabra, com laranja ou Nibs. Dica, olha o meu preferidinho, aí, por enquanto…

Chocolate VAR

E quando eu vou numa loja e acho uma Chocolaterapia??? Eu piro mesmo, quero levar TUDO!!!! Os funcionários do Empório Ilheos foram super simpáticos e tiramos muitas fotos.

Loja Empório Ilheos

2018-12-09 13_05_02 +0000-1 – Amei esse GIF

AAAAAAAAAAHHHHHHHH, esse dia vai chegar e vai ser lindo para esta Cidade, então, SIM, reforçando a pergunta que dá título ao artigo, Ilhéus é SIM a terra do CACAU e do Chocolate, venham ver e experimentar tudo que puder !!!!!!!

Quer saber mais sobre Ilhéus e o Sul da Bahia? Segue a gente lá no Instragram @juremacintra ou procure pela #terragrapiuna tem muito post e fotos legais, além de dicas sobre o que está acontecendo na região.

 

Este post não recebeu qualquer tipo de patrocínio de nenhuma das empresas citadas. Não fomos convidados(bem que gostaríamos) por nenhuma das marcas. Refletem a opinião pessoal da escritora/blogueira/ advogada que viaja . Ter liberdade para falar é tudo de bom e para comer também.