Reveillon em Curaçao

Já escrevi aqui sobre Reveillon em Ilhéus, onde moro e em Viña del Mar quando passamos o Ano Novo no Chile.

Agora chegou a vez de Curaçao, país que escolhemos passar a virada de 2018/2019.

Caribe é um sonho e foi mesmo tudo especial.

No aeroporto pegue os Livretos e veja todas as atividades da semana no Reveillon.

Não encontrei sites que explicavam direitinho como tudo funcionava, algumas coisas descobrimos no susto mesmo. Alguns vídeos no Youtube me deram uma visão geral, então escrevo tudo que eu queria ter encontrado e não achei. Espero que gostem e já comecem a se planejar.

Nosso Vôo foi Ilhéus- Miami-Curaçao pela American Airlines. Sim, é possível comprar direto, e fizemos multi-trechos, pesquisa avançada. Ainda fomos para Aruba e Miami na mesma passagem. No aeroporto tem vários livros de desconto, panfletos com os eventos, pegue tudo, somos turistas, então quanto mais informação melhor, neles contém toda a programação da semana antes e depois do Ano Novo.

Chegamos dia 25/12, no Natal e isso baixou demais o preço da passagem, Avianca fazia … e tem muitos vôos saindo de Miami.

Curtimos bastante as praias e deu para ver TV, ouvir Rádio. O país é poliglota, os moradores falam Papiamento(lindo demais), Holandês, Inglês e Espanhol. Toda hora ouvíamos “Feliz Aña”(fonético). Por isso que não aconselho chegar no dia 31/12, por que se eu perdesse as atividades da tarde ficaria chateada, foi bem cultural, ainda precisaria de tempo para passar no mercado, comprar bebidas, comidinhas, etc.

No dia 31/12 acordamos cedo e fomos para as Cavernas de Hato, tentamos fazer mais um passeio e não conseguimos, tudo fechava meio dia. Prepare-se! Aí foi o pulo do gato, pois estávamos no Centrinho desde 12:00 e vimos coisas mega interessantes.

Sabe aquele hábito de brasileiro, curtir praia de dia, dormir, descansar para estar disposto na Virada? Esqueça, o reveillon de Curaçao começa as 14:00, sim, pelo dia.

Vimos vários tapumes, grades de proteção, uma aglomeração próximo a Pietermai em Punda e perguntei ao guarda o que se tratava. Ele disse que o desfile começaria 15:00. Mas que desfile???

Almoçamos por lá mesmo, sim, tem locais abertos, mas poucos. E 14:50 já ouvíamos os fogos. É muito legal.

PAGARA PARTY

Pagara é uma corda com tiros de fogos de artifícios que se coloca no chão. Segundo meu esposo é a QUEIMA DA COBRINHA, ou cobrona. Essa aí da foto tem 1 milhão de Tiro, isso mesmo 1 milhão.

Pagara – Curaçao

Foi um estouro louco, são ruas e ruas com várias Pagaras em Punda, mas pela manhã a gente já tinha visto umas pequenas na frente de lojas. Quando se encerra o ano, a empresa estoura a Pagara e todos funcionários comemoram e brindam, é muito legal. Todo canto tinha uma.

Mas a Pagara Party é bem organizada. Quando acende a primeira, é uma loucura, todo mundo sai correndo, acompanhando os tiros sincronizados. esquenta muito, e faz barulho. Algumas crianças usam protetor, mas não se assuste, quando eu disse todo mundo sai correndo, não tem aglomeração, nem muvuca.

Pensa a roupinha com cheiro de fumaça e a pessoa Feliz da Vida !!

Depois de muita fumaça, fogo e explosões começam as músicas.

Conheci o Tambu, música típica de Curaçao, outras bandas caribenhas tocaram, eu amei, parecia uma mistura de samba de roda e zambiapunga, lindo.

Me acabando de dançar. Músicos e tinham barraquinhas de comida

Lembre-se beber e encher a cara no Caribe só em dólar, então é pesadíssimo ao bolso. Cerveja cara, por isso que todo mundo leva seu cooler. Até na Pagara Fest.

Dancei, me acabei e voltamos para o carro. O que vi no caminho me deixou nervosa para a Virada do Ano. Muitas pessoas chegaram cedo e levaram cadeiras, mesas, prenderam com cordinha, corrente, tipo Copacabana. Eu pensei logo, humm que furada …

Como o povo local já estava levando cadeiras, eu pensei, ué, tenho de levar as minhas. Daí a dica valiosa para Curaçao, alugue apartamento e negocie cadeiras de praia ou silas de playa já inclusas no aluguel. Negociei, quando cheguemos não tinha, ôoo fiz uma carinha tão triste, no outro dia a dona do AP, nossa anfitriã do AIRNB apareceu com as bonitinhas. Ou então alugue para toda sua estada em pontos no centro de Punda; só para vocês terem noção, o aluguel custa 10 dólares na praia, imagina se for em 3 praias em 1 dia, é prejuízo total, 120 reais só de cadeira e nem falei do guarda-sol e do snorkel, uiiiii.

Daí fiquei com medinho de ter muvuca e fomos cedo, 22:00. Medo de brasileiro besta, tudo no Brasil é aquele inchaço, por que as festas nem sempre são democráticas e tem aglomeração que estraga o divertimento por exemplo de idosos, crianças… enfim… voltemos para Curaçao.

Camarote Vip e Bolsa com Vinho e Copos

Ledo engano. Estacionamos fácil, próximo ao shopping do Renaissance, colocamos as cadeiras dobráveis nas costas e fomos procurar nosso cantinho. A TV local Tele Curaçao, monta palco em Otrobanda, tem atrações a noite toda, já estava bem cheio, mas nada que não pegássemos um excelente local em cima da ponte flutuante, com vista privilegiada, mas se eu tivesse lido tudo que tem aqui neste artigo … não pensava duas vezes iria mais cedo, umas 21:00, levava ceia completa e ficava aí no meio do Povo vendo o show da tele Curaçao, afinal, nós gostamos de curtir tudo que um local faz, se enturmar, ser menos “turistão”.

23:59:50 começou a contagem regressiva, a queima de fogos foi linda, lindíssima, no sentido da Ponte Alta.

Virada do Ano- Queima de Fogos em Curaçao

ROUPAS

Todo mundo estava bem simples e confortável, não é tradição usar branco, alguns moradores usavam roupas com muito brilho, achei top, eu adoro saber os costumes locais.

Nada de sapato alto ou roupa sofisticada, afinal, tinha cadeira, bolsa, copos para carregar. Cooler com rodinhas seria ótimo, o nosso já estava no AP mas era grande e simples, por isso levamos 1 ecobag.

Olha que luxo esse pessoal aí:

COMIDAS

Como não vi ambulantes nas praias de Curaçao, achei que não teria nada e levamos Bolsa com Vinho, abridor e copos, além de 1 presunto cru, bem pouco e outro engano… tinha sim… vários locais para comer… inclusive aquele cachorro quente maroto.

A surpresa foi muito boa, as famílias levam a ceia toda para Rua, tudo mesmo, salada, pães, sobremesas, ô inveja!!!

Achei o Reveillon tão família, se soubesse disso teria levado tudo, fazia uma mini-ceia para duas pessoas, tinha muita coisinha gostosa no mercado Centrum. Pessoal estava com mesas, cadeiras, cooler grande, bebidas, tudo lindo, assistindo as apresentações e teve Tambu de novo!!!

Eu amei o Reveillon de Curaçao ou Korsou, desde a PAGARA pela manhã, o TAMBU , a queima de fogos e a Ceia no meio da praça de Otrobanda. Tudo simples, gostoso, queima de fogos longa e linda. Muito bom para família, casal ou viagem solo.

Nosso Camarote VIP !!!!!

Se você está planejando em ir para CURAÇAO vão as dicas mais importantes.

AIRBNB – melhor hospedagem; ficar preso em Resort ou hotel caro, nem pensar, são mais de 30 praias belíssimas para explorar. Quer desconto no seu primeiro aluguel, clica aqui e aproveita, ficamos em Parasasa, no Condomínio Royal Palm e foi excelente.

 Moeda: Dólar e Euro. Não faça câmbio para Florins por que você já receberá como troco e use esses benditos florins até o último dia, será difícil fazer câmbio para dólar de novo, tem fila nos bancos locais.

Cadeira de praia, cooler e snorkel. Se você vai passar 01 semana ou mais, compensa muito, comprar snorkel no Brasil e já trazer, e alugue apartamento com Cooler e Cadeiras de Praia, negocie. Talvez até comprar no mercado lá saia mais em conta do que alugar cada ida à praia.

Carro. A Ilha é grande, muitas praias e você terá mobilidade se estiver motorizada(o). Alugamos com o dono do Apartamento e foi a melhor coisa para não pagar taxas extras…aquele tormento das grandes empresas

Quer saber mais de Curaçao? Em nosso Instagram tem vários destaques e posts, clica aqui ou segue lá @juremacintra e DUSHI!!!!!!

Leia também: Reveillon em Viña del Mar

Reveillon em Ilhéus

Roteiro 2 dias – Ilhéus e Itacaré

Um Réveillon em Ilhéus

Praia, calor, alegria, festas, é tudo que espera o turista ao chegar em Ilhéus no Sul da Bahia nas férias de  final de ano.

São 100 km de praias lindas, coqueirais, cachoeiras, uma imensa zona rural cheia de segredos ainda pouco explorados como a Lagoa Encantada.

Mas o que poucos turistas sabem ou pesquisam são as precariedades da região. Além dos altos índices de pobreza, a falta de infraestrutura para o turismo, lixo nas praias e ruas ainda enfrentará engarrafamentos monstruosos em qualquer horário.

Podemos acrescentar a falta de investimento dos empresários locais. Depois de um 2015 em que a palavra mais falada foi crise, algumas festas de Réveillon 2016 foram um sucesso de bilheteria e público e um fracasso em organização. Pelas redes sociais vemos queixas das mais variadas. Me atenho a duas festas paradoxais e antagônicas, os tradicionais Réveillon do Batuba Beach(Olivença) e o Réveillon do Hotel Jardim Atlântico(Ilhéus).

Se você tem 15 anos de idade, com certeza irá adorar o Batuba Beach, complexo de lazer na praia de Olivença em  Ilhéus com grandes atrações de axé e pagode. Mas se você tem 30 anos e filhos e quer um pouco de conforto: esqueça! O local fica na Rodovia Ilhéus-Una, BA 001, pista simples e o transporte público que já é precário, fica ainda pior no verão, são ônibus lotados e abarrotados de pessoas, as Vans de Transfer bem como os ônibus das bandas e centenas de carros ficam todos travados na entrada da casa de Show. Existem alguns estacionamentos privados à margem da Rodovia que não oferecem nenhum ticket e segurança é  fictícia.

Nos portões de entrada dos camarotes muitas discussões sobre ingressos falsificados, impressão ruim daqueles obtidos na internet, seguranças grosseiros inclusive houve relatos de discussões acaloradas.

Estivemos no dia do show do Rappa , Saulo e O Quadro, as três atrações atrasaram apenas 01 hora, e foi muito bom em termo de qualidade musical e escolha das bandas. Até aí tudo bem, lembra, você tem 15 anos e só quer se divertir.

Agora experimenta ir de sandália aberta(rasteirinha),  o risco de cortar o pé é alto, pois não tem coletores ou lixeiras e o mar, digo oceano de latinhas de cerveja  no chão te atrapalha até de dançar. Experimenta ir com esta sandália no Banheiro “Ecológico”, realmente eu queria entender como um banheiro químico pode ser “ecológico”. É um mar de papel higiênico  e urina por todos os 4 cantos e para mulher é terrível, difícil se agachar, o vaso é alto, então o medo de tocar é imenso, você sai com aquela sensação que pode contrair 25 doenças venéreas.

Experimenta agora ir comprar cerveja, é uma fila imensa de um lado e o bar do outro, pronto você acabou de perder 20 minutos de show neste vai e vem. Daí você não tem outra alternativa a não ser ficar de “bico seco” sem cerveja demorada e por consequência sem banheiro imundo.

Não experimentei as barraquinhas de comida, mas confesso que não tenho coragem de comer cachorro quente em eventos na praia.

Acabou a festa, então você pensa que acabou o show de horrores? Que nada, na saída vemos confusão, muitos ambulantes, trânsito caótico, a Polícia Militar parecia mais estar à paisana e agentes de trânsito nem pensar. Carros se engalfinhando, discussões, ultrapassagens pelo acostamento absurdas, até mesmo de motoristas de táxi. Caros leitores, já tenho mais de 30 anos, realmente devo estar muito velha para não aguentar mais este tipo de estrutura. Amigos que foram no dia da virada só me relataram decepção, bandas boas, artistas maravilhosos  mas estrutura a desejar, no camarote Open Bar, vodcka de um lado,  energético no oposto e refrigerante em outro, um zig-zag infinito, cerveja quente, faltou comida e na pista faltou até ficha para vender cerveja.

Difícil entender tais questões, pois o espaço é próprio dos organizadores do evento, não é alugado,  e a cada ano, mais e mais pessoas comparecem, então por que não oferecer bons banheiros projetados, faxina permanente, bolsões coletores de latinha, treinamento aos seguranças e equipe ? Por que não construir um trevo de acesso na frente, ter transporte integrado ao evento saindo do Hotel Opaba(mesmo dono  da festa), fazer parceria com Prefeitura, Secretária de Trânsito e Polícia Militar para um trânsito com fluência e eficiência?

Não sou administradora, nem turismóloga, sou apenas uma consumidora exigente, lembrando que tudo isso por uma bagatela de R$400,00(camarote Vip All Inclusive com Buffet).

Daí que nossa experiência no Hotel Jardim Atlântico fora bem diferente.

O estacionamento privado do Hotel estava cheio, mas colocaram vários seguranças que organizavam o fluxo e vigiavam os carros na rua de Acesso, quando vimos tantas e tantas pessoas pensei que poderia ter as mesmas surpresas desagradáveis do dia anterior no Batuba. 1º ponto positivo- SEGURANÇA.

A recepção estava belíssima com ornamentação  temática de “roça de cacau”, as recepcionistas super-mega-hiper gentis nos receberam com sorriso no rosto. 2º ponto positivo – GENTILEZA

Tinha mesas de todos os tamanhos e para todos os grupos, desde individuais, até para grandes famílias, muitos sofás, lounges, área da piscina, muitas cadeiras. 3º ponto positivo – CONFORTO

O espaço infantil seguiu com atividades lúdicas até bem tarde, víamos muitas pais com seus filhos curtindo a festa juntos. 4º ponto positivo – INTERAÇÃO

Bebidas eram servidas sem parar, os garçons e garçonetes foram bem treinados, pois de uma gentileza sem igual, whisky bom, champagne, pro-seco, tudo servido em taças de vidro. Drink’s deliciosos preparados na hora. Buffet de frios de excelente qualidade e jantar quente(bacalhau e filé mignon) servido em inúmeras ilhas, também tinha acarajé e doces. Na virada todos recebemos MAIS uma Champagne em cada mesa, cada família estourou sua espumante vendo uma belíssima queima de fogos na praia. 5º ponto positivo – FARTURA

 

Teve cortejo Afro na Praia, Samba de Roda e Show de Capoeira, foi belíssima a valorização da nossa cultura afro-baiana. A Banda era regional, mas tocou demais, todos muito bem vestidos, CIRCUITO FECHADO já é “arroz de festa”, prata da casa e não decepcionou, levou por cerca de 4 horas e a pista de dança ficava lotada.  DJ finalizou o dia. 6º ponto positivo – MÚSICA BOA e CULTURA AFROBAIANA

A higiene do espaço estava impecável , todo momento os garçons recolhiam os copos já usados e substituíam por outros de vidro, equipe de serviços gerais e jardinagem não deixavam lixo no chão e havia banheiros químicos para homens e banheiros fixos para mulheres, devia ter tirado foto, pois o banheiro é lindo, ornamentado, florido, higienizado a todo momento, com arquitetura adequada para beira-mar,  ou seja, mulheres podem beber tranquilas que não irão passar aquele sufoco narrado acima. Último ponto positivo: LIMPEZA E HIGIENE.

Tudo isso por R$360,00, quase o mesmo do Batuba,  sem bandas famosas e artistas de renome, mas como muito conforto e requinte. Então se você tem entre 18 ou 98 anos acredito que este artigo dará uma visão do que escolher nos próximas viradas de ano, digo 18, pois no último dia de recesso da Justiça baiana em 2015 a juíza da Vara da Infância proibiu a entrada de menores mesmo que estivessem acompanhado dos  pais no Batuba Beach.

Segurança, Gentileza, Conforto, Interação, Fartura, Música Boa, Cultura afrobaiana, Limpeza e Higiene, 9 elementos que me fazem acreditar que a escolha do Hotel Jardim Atlântico foi a melhor para nós.  Para reservar sua próxima estada em Ilhéus veja o Booking

 

Próximos Réveillons penso em não mais passar por aqui, quando a gente mora no Paraíso como Ilhéus,os feriados parecem o Inferno.

Este artigo  não teve qualquer tipo de patrocínio de nenhuma empresa citada e reflete as impressões pessoais da escritora.

<ins class=”bookingaff” data-aid=”917505″ data-target_aid=”898094″ data-prod=”banner” data-width=”300″ data-height=”250″ data-banner_id=”17861″ data-lang=”xb”>
<!– Anything inside will go away once widget is loaded. –>
<a href=”//www.booking.com?aid=898094″>Booking.com</a>
</ins>
<script type=”text/javascript”>
(function(d, sc, u) {
var s = d.createElement(sc), p = d.getElementsByTagName(sc)[0];
s.type = ‘text/javascript’;
s.async = true;
s.src = u + ‘?v=’ + (+new Date());
p.parentNode.insertBefore(s,p);
})(document, ‘script’, ‘//aff.bstatic.com/static/affiliate_base/js/flexiproduct.js’);
</script>