Aeroporto de Ilhéus- tudo que você precisa saber

Aeroporto de Ilhéus- tudo que você precisa saber

Achava estranho blogueiros escreverem sobre aeroporto, até que a gente começa a viajar mais e ver que cada lugar tem um esquema, uma dificuldade ou facilidade.

O Aeroporto de Ilhéus é meu vizinho e vejo muitas pessoas que estão mochilando principalmente, ficarem um pouco perdidas. A logística de transporte no Sul da Bahia é um pouco complexa.

Daí vão as dicas.

O aeroporto é pequeno, mas algumas informações são essenciais.

TRÂNSITO Ilhéus tem engarrafamento e por isso se você está indo ou vindo para o aeroporto sugiro que usem o aplicativo Waze e avalie o tempo de chegada. tem dias e horários inusitados que tudo trava. Sério, eu quase perdi vôo e conheço várias pessoas que subestimaram o trânsito urbano de Ilhéus. A questão é que o aeroporto fica no Bairro Pontal e só existe uma única ponte. Pronto, manhã, tarde ou noite pode engarrafar.

Certo mesmo é que nos horários de Pico o trânsito é bem lento, ou seja, de 07:00 às 09:00 de 12:00 às 14:00 e de 17:00 às 18:30, avalie e saia com antecedência.

COMPRAS

Houve uma pequena reforma e aumentaram o número de Kiosques.Chocolates Gourmet, Flores, Caixa Eletrônico, Acarajé, Artesanatos. Veja as fotos abaixo que você pode se situar e naquele último momento na cidade, levar uma lembrancinha ou comida típica que só percebeu na última hora.

Artesanatos
Barrinhas de cacau – deliciosas
Avatim – excelentes sabonetes e aromatizantes para tudo.

Não deixem de comprar Avatim no local de seu nascimento. Sim, a Avatim é de Ilhéus, a fábrica fica na Rodovia Ilhéus- Itabuna e a loja é um charme. Eu amo os produtos, a apresentação, design, tudo. Meus preferidos são : sabonete de Cascas e Folhas e aromatizante de âmbar e flor de algodão. Tudo lá é bom. Presente certo para alguém que você tanto ama.

Acarajé para levar- mega prático

A loja mais antiga de chocolate ” gourmet”

UBER

Uber funciona em Ilhéus e é bem mais barato. Fique num local fácil, às vezes ficar na esquina complica tudo.

TÁXI

Táxi em Ilhéus é pesadinho no Bolso. Se for para um lugar mais longe negocie.

ÔNIBUS

Esse tópico é o que mais falarei. Por causa dos mochileiros, viajantes solos e você que quer e gosta de economizar.

Os pontos de ônibus estão apenas dois quarteirões, mas as calçadas estão assim… viram… então… mochilas são excelentes e cuidado com as malas de rodinhas.

Funciona assim.

Você sairá pelo desembarque e logo verá a fila de táxi.

Então vir para esquerda, contorne o estacionamento. Verá o prédio da Escola do Pontal e pronto já estará na Rua Benjamin Constant.

Siga direto.

Siga direto até a Baia do Pontal, você já avistará o Mar.

Siga direto pela rua Benjamin Constant

Quem estiver de carro é a mesma lógica.

No meio do caminho tem esta placa, você está indo bem

Agora você chegou na Avenida Lomanto Júnior e terá de escolher seu destino.

Para Canavieiras, Una, Resort Tororomba, Canabrava, Comandatuba, Olivença; Fique nesta mesma calçada , bem na frente da Escola Barão de Macaúbas pegue ônibus da Cidade Sol ou Rota Transportes, através da Linha Itabuna-Canavieiras.

Olivença é o único destino que tem ônibus municipal urbano.

Para Itacaré ou Rodoviária. Atravesse na faixa de pedestre e siga para direita. Logo verá um ponto de ônibus bem estiloso na frente do Pontal Praia Hotel.

Pegar a Linha Vilela ou Teotônio Vilela que te deixará na Rodoviária. Qualquer linha urbana te deixará no centro da cidade se for o caso.

Na Rodoviária você terá de pegar um ônibus para Itacaré que sai de 1 em 1 hora, ou quem estiver indo para Barra Grande, pegar o ônibus para Camamu e depois lá na cidade fazer a travessia de Lancha Rápida, são apenas 30 minutos na embarcação.

LOCADORAS DE VEÍCULOS

Existem várias, tanto as tradicionais, como as locais e menores. Converse direitinho pois a devolução sempre é tensa, nunca tem espaço para estacionar nas proximidades do aeroporto.

SERVIÇOS

No aeroporto você pode encontrar muito serviços.

Vou mostrando as fotos e as atividades.

Caixa Eletrônico- Banco 24 horas


Polícia Militar – no 1º andar

Infraero
Anvisa

Se você mora em Ilhéus e região e quer pegar sua Carteira Internacional de Visitação, estão aí os horários e o telefone de contato. Não cometa o mesmo erro que eu que tirei a minha em Salvador, só faz com agendamento no site com antecedência. Acontece que no site eu não achei o posto de Ilhéus, mas … enfim… eu tinha outras coisas para fazer na capital baiana.

A carteirinha internacional é muito importante para entrar em alguns países como a Colômbia, Índia em que é obrigatória a apresentação.

Funciona assim, você deve tomar a vacina da febre amarela pelo menos 10 dias antes da viagem. Na carteirinha do Posto de Saúde deve constar alguns dados: LOTE, VALIDADE, NOME DO FABRICANTE, local de aplicação.

Depois vá na Anvisa com esta carteirinha e identidade e pronto. Agora a vacina da febre amarela tem duração por tempo indeterminado , então 1 vez tomada vale para vida toda e a carteirinha também, não precisará renovar de 10 em 10 anos como era antes.

Protetor de bagagem

Estou na transição para uma casa Lixo zero, mas que é útil, nem me fale. estávamos em Buenos Aires com 1 caixa bem feia trazendo os excessos de bagagem(alfajor, vinho e doce de leite. O rapaz embalou e fez uma alça, olha, viajei tranquila depois disso. Não esqueça de enviar o plástico para um posto de coleta ou reciclagem.

carregadores para celular

Parece bobagem, mas até pouquíssimo tempo atrás não tinha. Então agora tem vários totens e é uma mão na roda na hora do aperto.

Agência de Turismo e Câmbio
Outra agência

Se você não reservou nada antes, tá aí uma boa oportunidade. Acho City Tour em qualquer cidade fundamental e em Ilhéus principalmente pois faltam placas sinalizadoras.

Passeio nas Fazendas de Cacau- Imperdível

Se você nunca foi numa roça de Cacau, não pode deixar de fazer este passeio. São muitas opções, desde Fazendas pertinho do centro e outras mais afastadas. A história do Cacau passa por essas fazendas, você verá todo o processo de produção, desde a plantação, colheita e a transformação das amêndoas em chocolate. A incrível Mata Atlântica que faz sombra majestosa para as árvores do fruto ouro.

EMBARQUE E DESEMBARQUE

Vamos falar sobre entrar e sair. O aeroporto é bem pequeno, então a porta de embarque e desembarque estão apenas 50/60 metros.

Sempre fica bem movimentado quando chegam os vôos. É bem rápido o Raio X e tem bancos para aguardar. Mas na boa… sempre tem 2 ou 3 vôos no mesmo horário, então veja no painel de embarque e só entre se seu vôo estiver confirmado e chamando.

No primeiro andar tem uma linda vista panorâmica, dá para ver os aviões pousando, é bem legal, principalmente para as crianças.

Os balcões das companhias estão todos juntinhos e alguns poucos metros do embarque. Mas não se esqueça de cumprir os horários para check-in, despacho de bagagens e apresentação no portão de embarque.

Também tem totens de auto-atendimento que facilitam muito caso você não tenha conseguido fazer o check-in on line. Eu só uso o celular e vai tudo para a carteira digital. É muito prático e bom.

Espero ter dado visão bem ampla de como funciona o aeroporto aqui em Ilhéus e se você vem visitar a cidade e a região Sul da Bahia, sejam bem vindo ao nosso site. No Instagran @juremacintra tem muitas dicas sobre o Sul da Bahia.

ESTACIONAMENTO

Tem tanto o oficial(preços caros) e outros particulares bem do lado .

Alguns encaixa em seu bolso.

Oficial do Aeroporto


Privado -Rua do Bonfim

Quer vir para Ilhéus e está programando sua viagem? Pegue agora este desconto no Airbnb e hospede-se como um local, curta praias e gaste menos. Clique aqui.

Não esqueça de conhecer nossos outros artigos.

Ilhéus- Terra do Chocolate e Cacau?

Ilhéus- Aeroporto, Rodoviária e Uber

Mochilão pelo Sul da Bahia – dicas importantes

FAQ ILHÉUS

FAQ ILHÉUS

FIZ UMA LISTINHA e link úteis das principais dúvidas que chegam aqui NO BLOG e no Instagram @juremacintra

Transporte na Cidade de Ilhéus

  • Uber é bom para ir aos destinos do centro, Malhado, Praias do Sul, contudo quanto mais distante, mais difícil será a volta, então se você estiver indo para o Hotel Canabrava ou Hotel Tororomba acerte logo a volta, senão ficará com angústia, dependendo de transfer caro, ou do ônibus que demora.
  • Transporte Público chega nos pontos turísticos, mas se prepare para o calor e demora, infelizmente não pensam na mobilidade urbana de massa na cidade.
  • Táxi, tem taxímetro e cuidado com propostas por fora. Negociar é bom, mas eu só confio nos meus clientes taxistas que indico aqui Madureira (073-999818910) e Valdemir (73-991078564)
  • Rodoviária é a porta de entrada para Camamu(Barra Grande) e Itacaré, empresas de ônibus e horários tem nos sites da Rota Transportes, Cidade Sol e Águia Branca;
  • Perto da rodoviária não tem hotéis nem lugares para madrugar até pegar o ônibus, vai chegar tarde e pretende viajar no outro dia? Já falei aqui de pousadas baratas no bairro Pontal, têm ônibus cedinho e a linha do trabsporte público é a “TEOTÔNIO VILELA”;
  • Praias : são todas acessíveis de carro ou ônibus, algumas com barracas e outras bem isoladas, cuidado ao parar carro em local deserto demais, já rolou assaltos e até estupro;
  • Supermercados: temos todas as grandes redes atacadistas, vindo pela BR 415 temos Atacadão , aqui no Sul o Assaí e outro Atacadão e no Pontal , o G Barbosa, mas gosto mesmo de valorizar as feiras livres como Malhado, Guanabara e Urbis. Mercados pequenos e empórios são muitos e espalhados pela cidade;
  • City Tour, vale muito a pena. Se você anda sozinho vai achar que Ilhéus não tem nada, já que a Prefeitura não tem política de turismo séria, e estamos em 2023. Então sempre indico o Guia Gregório 073-99869-2144 ele te mostrará as entrelinhas por trás de cada cantinho do centro histórico, é muita coisa interessante.
  • Museus: Museu da Capitania, Memorial da Piedade(pequeno mas bonito), Casa de Jorge Amado;
  • Mala de Viagem: o que não pode faltar é Tênis, Sandália, protetor solar, um xale ou blusinha de frio que de noite pode ventar, uma roupa de trilha leve, biquíni e tchau. Faz calor o ano todo, mas os dias de frio podem acontecer.
  • Passeios de barco e observação de baleias: Ecosul Turismo: 73-99977-6437 ou Babito : 73-99979-7753
  • Chocolates: Visitem as fábricas de chocolate Bean To Bar e provem chocolate fino, não são caseiros, são finos pois as amêndoas são selecionadas e o modo de fabricação seguem critérios rigorosos.
  • Por do Sol: no bairro Sapetinga e embaixo da ponte Estaida Jorge Amado, na Praça Mãe Laura, tem barzinho e food trucks, é lindo de encher o coração. Se estiver de carro, vaia dica: piquenique na Sapetinga com vinho e aperitivos.
  • Ponte e trânsito: desde julho de 2020 já tem a ponte nova, mas não se engane, aqui tem protesto e se planejem, usem o waze quando for para aeroporto, mas agora temos mais 1 opção;
  • Surf: Ilhéus é PICO, já temos a IOS Surf House, com hospedagem, loja e pranchas, aulas particular procurem Gabriel Macedo – 073-991925555 ou pelo Instagram Xpro surf . As praias mais badaladas são a Praia da Avenida na frente do GAP, onde já tem o Caminho do Mar, Pedra da Cachorra, na frente da Pousada Costa do Cacau, Backdoor em Olivença
  • Hospitais : Hospital São José no centro da Cidade atende SUS e o Hospital Costa do Cacau na rodovia BR 415, e particular Hospital de Ilhéus na Cidade Nova. Cartão do SUS sempre é útil.
ROTA DO CHOCOLATE- Visitando a Dengo Origem e Fazenda Conduru

ROTA DO CHOCOLATE- Visitando a Dengo Origem e Fazenda Conduru

ROTA DO CHOCOLATE : VISITANDO A DENGO ORIGEM E A FAZENDA CONDURU

Já ouviu falar do Chocolate Dengo ? Aquelas lojas em shopping ?

Pois é, mas a ideia surgiu aqui no Sul da Bahia e nesse afã de conhecer o máximo de Fazendas finalmente fomos na Experiência Dengo Origem dentro da Fazenda Conduru.

Claro que mandei uma mensagem e conseguimos um voucher de desconto. (073-99846-8882)

Saímos de llhéus 11:45 e no total marquei uma hora de viagem, sentido Itabuna, ali no viaduto, seguimos pela direita através do semi-anel Rodoviário que termina na BR 101, logo depois da Nova Califórnia, na entrada de Mutuns, já vemos a plaquinha: Dengo Origem. SE você errou e parou na BR 101, volte, coloque no Google Maps que dá certinho.

São mais 06 km de estrada de chão, carro pequeno vai, mas tenha paciência se chover. Foram 15 minutos até chegar na sede, os pórticos e um segurança já nos deixaram animados.

E quando chegamos na Agrícola Conduru, que emoção, que paisagismo lindo em meio à mata de cabruca, o cacau novo, árvores jovens, tudo muito produtivo. Já fiquei impactada na chegada, tudo bem sinalizado.

O restaurante Cabruca logo se mostra gigante e belo, grandes portas de madeira abertas, parece dentro da mata; Não é preciso agendar se você for apenas almoçar ou lanchar, funciona de quarta à sábado das 09:00 às 16:00 e tem um café bem charmoso, contudo recomendo agendar para obter informações da estrada, do tempo e se está cheio ou não. Cardápio pequeno, enxuto, mas tive vontade de provar tudo, com certeza terei de voltar mais vezes pois fiquei com desejo, sou gulosa. Tem opções veganas e o legal é que eles divulgam o cardápio no site www.dengoorigem.com.br, ou seja, sem surpresas de preço e gentil com quem tem restrições alimentares.

Pra começar os trabalhos do dia o clássico Gin com Mel de Cacau, drink que amo de paixão e nunca falta em minha casa.

Provamos tudo, de entrada, 4  coxinhas  baiana de xinxim de frango, salada Agrofloresta e de prato, o Rota do Mar, dourado com redução de capim santo. Recebemos de cortesia o suco Cabruca, é com letra maiúscula mesmo, eu amo suco de cacau e já falei aqui que deveria ser objeto de desejo de turistas que vem no Sul da Bahia. Olha  o pulo do gato, eles fazem assim: colocam polpa de cacau, ao invés de usar água, colocam Mel de Cacau e adoçam com melado de cacau, voilá, que ideia genial, pra que água se temos Mel de Cacau?  E se você não sabe o que é esse néctar fermentado vegano, clica aqui, que até poema já fiz de tanto amor, tudo com canudo de bambu ecológico e flores comestíveis enfeitando.

A salada tinha um molho incrível com limão balão e Mel de Cacau, e as castanhas de caju caramelizadas crocantes ? Ô vontade de comprar cinco mil kilos daquilo e nunca mais desgrudar.

O prato principal  se chama Rota do Mar, leva taioba, capim santo e musseline de abóbora, tudo gostoso demais, um equilíbrio perfeito. Sobremesa eu provei o mousse de chocolate 70% e Anderson a cocada de forno, de comer rezando mesmo. A cumbuca de coco em que são servidos nos alerta, pra que potes descartáveis em doces, pra quê? Se temos tudo de bom na natureza. Por cima do mousse tinha um chocolate ralado tão suave, fofinho, delicioso e chocava com a rusticidade do nibs, um equilíbrio intrigante.

O ambiente todo aberto, ideal para ir com crianças, tem parquinho, redes, lápis de cooriri e podemos ver os pequenos enquanto comemos, tudo lá é instagramável, as cadeiras de design, cada peça de decoração, cada pá e esteira nas paredes, é baianidade pura. Primeira vez, sabe como é, eu olhava tudo com encanto, não deixem de ter esse olhar quando entrar nos locais; do lustre aos detalhes do banheiro, olhem… alguém se esforçou em fazer esta composição.

O TOUR : DO CACAU AO CHOCOLATE

Nosso almoço terminou 14:10  e logo começou o tour, era dia de sábado e aí vai a dica, acho que o Tour na semana deve ser mais legal por que a produção está funcionando, ver os trabalhadores fazendo mesmo, colhendo, lavando, processando o cacau  outras frutas, nada lá é fake. E esse é um tema espinhoso, sim, eu já fui em vinícola Fake e só descobri depois . A Dengo é Origem e Original ou seja, as coisas acontecem mesmo, é uma agrícola produtiva, mas como fomos sábado de tarde, os trabalhadores CLT  já tinham terminado o turno. Bom saber o respeito ao trabalho decente hein? Depois das denúncias em Bento Gonçalves, minha ótica sobre o vinho brasileiro mudou e só voltarei lá depois do cumprimento de todos os itens do acordo com o MPT- Ministério Público do Trabalho, e não estou sendo radical, estou sendo justa, meu dinheiro de turismo e enoturista não irá financiará trabalho análogo   à escravidão. Então quando vejo coisas certas, eu exalto mesmo e como vocês sabem , aqui são impressões reais de uma turista, já que tudinho foi pago com meu suor, não é publi e respeito os influencer que fazem com responsabilidade e consciência de classe.

Começamos calçando as perneiras por segurança, Mata Atlântica gente, é muito bicho mesmo. Seguimos por um caminho cheinho de pássaros, até adentrar na Cabruca.

Nos ensinaram como fazer um muda, entramos no viveiro de enxertia. Depois atravessamos uma roça  MUITO PRODUTIVA, lindo de ver e fotografar. Cacau é lindo demais e na Dengo todas as cores da paleta são verificadas. Cacau tem paleta de cores, sua casca é um riqueza de colorimetria.

Num mini-barracão, paramos no meio do caminho  para quebrar e degustar cacau, entender sobre colheita e produção, tivemos a honra da companhia da agrônoma Marina Paraíso que atua no empreendimento e foram muitos aprendizados novos.  

Seguimos para casa dos cochos, tudo monitorado com termômetros para garantir uma fermentação perfeita com muita higiene e ciência.

A Dengo tem barcaças comuns e este é o cacau comodities que você compra em qualquer mercado e tem também as estufas especiais que garante uma secagem rápida, eficiente, que vai para produção de Chocolate Fino. Aqui já sentimos aquele cheiro gostoso de chocolate exalado pelas amendôas em secagem.

A Casa da Degustação é linda demais, já dá vontade de passar a tarde toda lá conversando. É apresentado um vídeo de 03 minutos sobre a fabricação no modo Dengo e Bean to Bar, tem as máquinas em tamanho menor e claro, a degustação de 04 tipos de chocolates, com um mapa sensorial para testar os olfatos e paladares mais apurados, e haja apuração, eu com rinite alérgica as vezes não sinto nada, mas a questão do Slap(ouvir o barulho ao quebrar), aparência e textura, já estou ficando craque.

Um pedido especial: LEIAM AS PLACAS, elas estão ali com muito conteúdo importante, acho chato turista que não tá nem aí pra nada, eu estava numa vinícola linda e o cara estava bêbado, disperso e fez xixi no parreiral, vi de longe, mas juro que se fosse em meu grupo eu pediria para ele se retirar. As placas da Dengo Origem em Português e Inglês tem bastante informações e você descobrirá que chocolate é um alimento mesmo dos Deuses, menos açúcar, mais cacau, este é o lema do movimento sulbaiano.

Se você não entendeu, basta comparar com vinícolas, cada uma tem o terroir, as condições físico-químicas do solo que mudam o gosto de uma comida, e por mais que a genética da Uva Cabernet Franc seja a mesma e imutável, o solo, o clima, e o enólogo darão um formato para cada lote de vinhos. Assim, é o cacau, Parazinho ou Trinitário, a genética é igual, mas o solo, a adubação e a receita do chocolatier sempre mudará, e essa é a mágica, visitem quantas Fazendas de Cacau puderem e fábricas de chocolate também, e assim cada dia você perceberá mais o que é fake ou não em uma produção e irá apurar o paladar. Eu como 80, 90% tranquilamente e harmonizo com vinhos, mas só consegui isso com muita comilança e ouvindo as pessoas, os eventos, como o Festival do Chocolat que em 2023 está na 30ª edição.

 Esqueça este nome de “chocolate caseiro” ou “artesanal”, aqui em nossa região são indústrias pequenas ou médias ou multinacionais, que usam de muita tecnologia e ciência para fazer Chocolate Fino ou Bean to Bar, do grão à barra. A produção pode ser pequena, mas não é “caseira”, é chocolate fino com amêndoas selecionadas e até premiadas internacionalmente.

Todo o circuito é uma delícia e se caminha um pouquinho, vá no banheiro antes.  Se estiver nublado, não recuse o guarda-chuva como nós e divirta-se, ainda dá para tomar um cafezinho na saída e fazer mais fotos lindas. Eu perguntadeira que sou falei sobre nosso projeto de compostagem  do GAP e perguntei da adubação e descobri que a produção é biodinâmica, como produção de E.M. MICRORGANISMOS EFICIENTES   e composto orgânico também, amei saber de toda essa parte de sustentabilidade no enriquecimento do solo. Lá produzem frutas desidratadas e como a produção de chocolate é alta, precisam comprar de fora , garantindo preço muito melhor e justo para centenas de pequenos produtores de todo o entorno e outras cidades, preço justo e produção responsável, práticas Lixo Zero, como não se encantar com essa união de valores que estampam as fotos dos parceiros em cada parede ?

MEU SENTIMENTO PESSOAL

Não é só um projeto econômico, parece mesmo um projeto de vida dos idealizadores e proprietários, ilusão minha? Não sei, só sei que é bom demais, comer bem, provar chocolates deliciosos e saber que não houve exploração nem de trabalhadores nem de produtores. Uma amiga me disse que não sente graça, nem vontade de visitar fazendas de cacau, mesmo sabendo do turismo de experiencia, por que ela só lembra da sua infância sofrida, do trabalho árduo e desvalorizado dos pais e avós humildes, está aí um paradigma a ser quebrado. Aquela época de coronelismo, mortes, grilagem, exploração, economia imperialista precisam ficar no passado, o momento é de sustentabilidade , ESG, trabalho decente e muito chocolate de qualidade, é um movimento decolonial, que acredito estarmos vivendo.

Visitem.

Leiam também: Visitando a Fazenda Capela Velha e fábrica de Chocolate Do Cacao

Visitando a Fazenda Yrerê

Visitando a Vila Rosa e Rafting em Taboquinhas

Tudo sobre o aeroporto de Ilhéus

Como é a rodoviária de Ilhéus

Como é a rodoviária de Ilhéus

Depois do post mais lido, como é o aeroporto, vamos à outra face do transporte na cidade: ônibus.

Andar no Sul da Bahia é percorrer um labirinto, como explicar que para chegar em Barra Grande que é distrito da cidade de Maraú, você tem de pousar em Ilhéus de avião e seguir até a Cidade de Camamu. De carro partindo de Salvador, você terá de atravessar de Ferry Boat para Ilha de Itaparica e superar 111 quebra-molas… é dureza para chegar na praia paraíso dos famosinhos como Neymar e Duda Mendonça, mas eu prefiro falar como as praias dos beradeiros e pescadores artesanais, sou dessas, advogo para trabalhadores e prefiro ver o mundo por suas óticas.

Mas vamos lá, já peguei tanto ônibus nesta rodoviária quando era estudante na UESC que cansei, era nosso ponto de carona também para universidade. Carona estudantil em Ilhéus é uma tradição, respeite e pratique.

Onde fica?

A Rodoviária fica no final da Avenida Itabuna, bairro Esperança, lugar bem comercial, sem nenhum hotel perto e não cogite ficar no Malhado por que viu no mapa, não, não faça isso. Infelizmente a praia do Malhado que é linda e tinha tudo para ser um BAITA ponto turístico tem 2 esgotos enormes e sequer você poderá tomar banho. A prefeitura está encapsulando o esgoto ao invés de despoluir um contrassenso ininteligível. Eu amo o “Malhadinho de açúcar” e minha luta ambiental é despoluir aquela praia, Ilhéus iria bombar.

Empresas

As empresas de ônibus que tem guichê, são ROTA, CIDADE SOL, ÁGUIA BRANCA, ITAPEMIRIM, GONTIJO. Todas você compra pela internet, mas se for para Itacaré não vale a pena, compre na hora pois sai de 1 em 1 hora, eu fiz um posto apenas sobre este trajeto. Para Salvador, compre com antecedência pois lota, eu prefiro leito e semi-leito.

Todas aceitam cartão de crédito, débito e dinheiro. Paga no crédito e acumula milhas, abestado. Se você comprou sua passagem na internet saiba que ainda terá de comprar a tarifa de embarque avulso no guichê da Palma(administradora de transporte), antes só comprava com dinheiro, agora aceita PIX.

SERVIÇOS

A Rodoviária conta com:

  • lanchonete
  • caixa eletrônico 24 horas
  • sanitários pagos
  • guarda-volume pago
  • estacionamento pago
  • ponto de táxi
  • lojinha de artesanato e lembrancinhas
  • despacho de encomendas
  • bomboniere
  • lojinha de utilidades para xérox, compra e recarga de chip de internet e celular, água, etc;

ACESSIBILIDADE

A rodoviária é toda no piso térreo, o embarque também. O ponto de ônibus que vem do centro ou bairro é dentro da estação, super fácil de desembarcar e pegar o intermunicipal.

Problema é a saída da rodoviária, você terá de sair da estação, atravessar o estacionamento, atravessar a Rua movimentada, use a faixa de pedestre com atenção e fica r num ponto de ônibus sujo, feio, horroroso e insalubre. A prefeitura e inúmeras gestões NUNCA se preocuparam com os moradores e com os turistas que usam o equipamento diariamente.

LINHAS DE ÔNIBUS

Intermunicipal e Interestadual são muitas

Para Camamu– empresa Águia Branca- horários 08:00, 09:00, 14:20, essa será sua porta de entrada para Barra Grande. Já expliquei em outro post.

Para Itacaré– empresa Rota – horários iniciam às 06:00 até 19:20

Para Canavieiras ou Comandatuba– empresa Cidade Sol e Águia Branca- horários 05:22 até 18:50

Dica- se você está no aeroporto e quer ir para Canavieiras, Resort Tororomba, Canabrava, Olivença, não vá para Rodoviária, ande até o ponto de ônibus na frente da escola Barão de Macaúbas ali mesmo no bairro Pontal, ao lado do aeroporto

Linhas urbanas – transporte coletivo

Rodoviária – Aeroporto = linha Nelson Costa, Hernani Sá, Olivença, Acuípe

Rodoviária – Centro Histórico = todas passarão no centro, saltar no terminal rodoviário ou no ponto do hospital São José.

Rodoviária Praias do Norte = Iguape, São Domingos, São Miguel

Rodoviária Praias do Sul = Olivença, Acuípe. A Rota Transporte também tem ônibus para Olivença e o de Canavieiras, então você poderá pegar ainda dentro da estação rodoviária, veja no guichê da rota Transporte.

Táxi e Uber

Rodoviária tem os 2 serviços, os táxis tem taxímetro, não aceite nada por fora. Todos os aplicativos de transporte funcionam bem, mas na madrugada você cairá no táxi e lembre-se do taxímetro ligado, hein.

Distâncias

A Distância da rodoviária para o centro Histórico ou Aeroporto é pouca, +- 8/10 minutos de carro, contudo Ilhéus tem algumas peculiaridades, no horário de 18:00 tem muito fluxo de carros vindo de Itabuna, pra saber certinho e planejar seu tempo acompanhe pelo aplicativo Waze.

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO

Ficou com dúvidas ? Os horários não encaixam? Você achou caro e acha que vai perder muito tempo no trajeto ? Então você precisa de nosso serviço especializado em roteiros personalizados. Entre em contato Instagram @juremacintra ou pelo mail: falecomjurema@gmail.com

leia mais: Como ir de Ilhéus para Itacaré

O que fazer em Ilhéus em poucas horas

As pousadas mais baratas de Ilhéus